Texto principal da PEC 241 foi aprovado e passará por votação

Por: Redação | Comunicar erro

O governo de Michel Temer aprovou o texto principal da Proposta de Emenda à Constituição 241. Nela, gastos como saúde, educação e assistência social vão ficar congelados por 20 anos e só poderão ser revistos após 10 anos.

O atual presidente do Brasil, Michel Temer
O atual presidente do Brasil, Michel Temer

Vale lembrar que Temer só fica na presidência por mais 2 anos, e a PEC passará a valer somente em 2017. Quem terá que lidar, na prática, com esta decisão serão os próximos presidentes eleitos.

PEC 241 causou controvérsia dentro do próprio governo. Enquanto aliados chamam a PEC de novo regime fiscal, os opositores a chamam de morte.

O primeiro grupo alega que a PEC vai equilibrar as contas públicas. Já o segundo grupo diz que isso é contra a constituição e vai ignorar uma eventual melhora da situação econômica do País.

Segundos os assessores diretos de Rodrigo Joanot, atual procurador-geral da República “Há que se assentar a inconstitucionalidade da PEC 241 nos moldes em que delineada, sob pena de se incutir no Poder Executivo a ideia de um ‘superórgão’ que, a pretexto de trazer a trajetória da dívida pública para níveis sustentáveis, passará a controlar os demais poderes ainda que de maneira indireta, inviabilizando o cumprimento de suas funções constitucionais e institucionais, o que contrariaria de maneira flagrante a ordem constitucional vigente”.

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Laurita Vaz, disse na última semana que a proposta legislativa poderá engessar o “tribunal e criar dificuldades orçamentárias”.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:30
Intercept: os principais pontos do depoimento de Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro, prestou esclarecimentos em audiência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) sobre …
2
04:04
E se Carlos Bolsonaro fosse gay?
O ex-deputado Jean Wyllys fez uma série de posts em sua rede social apontando que Carlos Bolsonaro, o filho 02 …
3
03:02
Empresas usaram disparos no WhatsApp durante eleição de Bolsonaro
Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo mostra que empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para …
4
01:49
Senado diz não e derruba o decreto de armas de Bolsonaro
O Senado votou na terça-feira, 18, o parecer que pede pela suspensão dos decretos que flexibilizam o porte e a …
5
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …
6
03:48
O melhor jornal do mundo faz a pior reportagem para Bolsonaro
Essa é a pior reportagem já publicada num jornal estrangeiro contra Jair Bolsonaro. Por dois motivos: saiu no mais importante …
7
03:47
A estranha conexão entre o caso Najila Trindade e Sérgio Moro
O jornalista Gilberto Dimenstein publicou em sua coluna no site Catraca Livre um texto em que conecta dois casos de …
8
03:04
Entendas os possíveis impactos do vazamento das mensagens de Moro
O site The Intercept Brasil divulgou trechos de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, …