Esta paródia de Vai Malandra é um hino contra assédio no Carnaval

"Vai Malandro, o assédio começa depois do não", diz o refrão

O clipe foi lançado pelo canal “É Cena”
  • “Vai Malandro,
    O assédio começa depois do não.
    Tá pedindo,
    Se prepara, vou falar, presta atenção.
    Cê aguenta,
    Se eu falar que eu não quero,
    Escute o não”

O trecho citado acima é o refrão de uma paródia de “Vai Malandra”, da Anitta, e faz um apelo contra o assédio sexual durante o período do Carnaval. Intitulado “Vai Malandro”, o clipe foi lançado neste domingo, dia 4, pelo canal no YouTube “É Cena”, um projeto da atriz Fernanda Brandão.

Feito apenas por mulheres, o vídeo viralizou no Facebook logo que foi publicado e somava 380 mil visualizações até a publicação desta reportagem. A direção é de Fernanda e Gislaine Miyono.

Ao Catraca Livre, a atriz contou que, embora seu canal seja feito apenas por ela e seu companheiro — o ator e produtor Rafael Procópio —, no caso de “Vai Malandro” a ideia foi ter a participação de mulheres em toda a produção. “Eu queria as mulheres cantando, dançando, dirigindo e pensando no figurino. Primeiro, convidei algumas que já conhecia e, depois, fiz um chamado no Facebook para convocar as musicistas a participarem da gravação.”

O vídeo viralizou nas redes sociais e já tem 380 mil visualizações

A letra da paródia foi criada pela atriz e educadora Jéssica Policastri. “Eu estava com essa música na cabeça e, recentemente, assisti a um vídeo da Jout Jout que falava ‘depois do não, tudo é assédio‘. Então, um dia, estava no trem e encaixei a canção a essa frase. Foi meio sem querer”, afirma.

“Quando terminei a letra, percebi que ficou boa e que daria para criar algo bacana, como uma campanha nessa época do Carnaval. Aí ofereci a paródia para a Fernanda, que é minha amiga, e ela super topou. O trabalho todo é dela com todas as meninas”, completa Jéssica.

A mensagem da música é clara: não importa a roupa ou situação; o corpo da mulher NÃO é público. “Cada vez mais a gente precisa lutar por uma sociedade em que as mulheres possam frequentar espaços sem terem medo de serem assediadas”, finaliza a educadora.

Segundo a criadora do canal, o vídeo tem recebido muitos comentários machistas, misóginos e gordofóbicos. “São comentários de violência e que mostram que é nítido como as pessoas não entendem a diferença entre flerte e assédio“, diz Fernanda.

Assista ao clipe e confira a ficha técnica:

  • “Vai, malandro”
    O assédio começa depois do NÃO – Uma releitura da música Vai, Malandra
    Idealização e produção: É Cena
    Direção: Gislaine Miyono e Fernanda Brandão
    Imagens e edição: Gislaine Miyono
    Assistente de produção: Rafael Procópio
    Letra: Jéssica Policastri
    Arranjo: criação coletiva
    Gravação e edição de áudio: Inaê
    Figurino e visagismo: Érica Ribeiro
    Ana Carvalho: bailarina
    Carol DeCris: surdo e coro
    Fernanda Brandão: atriz
    Fernanda Ferreira: caixa, rocar e coro
    Inaê: voz e trombone
    Luana Oliveira: tamborim e coro
    Luciana Sonck: voz e ganzá
    Agradecimento: Nathalia Glitz
    Apoio: Cia do Pássaro

Campanha #CarnavalSemAssédio

Pelo terceiro ano consecutivo, o Catraca Livre promove a campanha #CarnavalSemAssédio com o objetivo de lutar por respeito na folia e pelo fim da violência contra a mulher. Quem está com a gente: a ONU Mulheres, a ONG Plan International, os blocos Mulheres Rodadas e Maria Vem Com as Outras, as redes Minha Sampa e Meu Recife, os coletivos Nós, Mulheres da Periferia, Não é Não e Vamos juntas? e as prefeituras de São Paulo e Salvador.

  • Leia mais:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …