Últimas notícias:

Loading...

Estudo: jovem negro tem 2,5 vezes mais risco de ser morto no Brasil

Dos 30 mil jovens assassinados no Brasil em 2012, 76,5% eram negros ou pardos

Por: Redação
Mídia Ninja/ Reprodução
Movimentos sociais denunciam genocídio da juventude negra

Segundo a pesquisa Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência e Desigualdade (IVJ 2014) realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os jovens negros têm 2,5 vezes mais riscos de morte do que um jovem branco no Brasil.

Na região nordeste do país, o risco de morte sobe para cinco vezes. A Paraíba é o estado com maior incidência da morte de jovens negros: 13, 4 vezes a mais do que os brancos; seguido por Pernambuco (11,5); Alagoas (8,7); e  Distrito Federal (6,5).

Em todos os estados do país, com exceção do Paraná, o risco de morte dos jovens negros é maior do que dos brancos.

As unidades com menor diferença nos dados são: Tocantins (1,8); Rio Grande do Sul (1,7); São Paulo (1,5); Santa Catarina (1,4); e Paraná (0,7).

Sobre o estudo

A pesquisa também revelou que o número de homícidios de jovens brancos diminui 5,5% entre 2007 e 2012. Já entre os negros, o número  subiu 21,3%

O estudo foi encomendado pelo  governo federal e compara as taxas de homicídio de jovens negros e brancos de 12 a 29 anos.

Os dados foram coletados no Sistema Único de Saúde, na qual os agentes de saúde preenchem indicativo de cor das vítimas.

Com informações da Folha.

Compartilhe:

Tags: #Racismo
?>