Exclusão de Rey nos jogos de ‘Star Wars’ foi intencional, diz fonte da indústria cinematográfica

Por: Redação

A exclusão de Rey, a protagonista de “Star Wars: O Despertar da Força”, dos brinquedos e outros produtos que foram fabricados junto ao lançamento do sétimo filme da saga foi uma decisão intencional.

Sob anonimato, uma pessoa que trabalha na indústria cinematográfica conversou com o site “Sweatpants and Coffee” e afirmou que a decisão da fabricante Hasbro em excluir Rey de seus jogos foi baseada apenas em estratégia de marketing. Leia a reportagem na íntegra (em inglês).

Segundo informante, a presença de Rey nos jogos foi deliberadamente minimizada durante planejamento da fabricante
Segundo informante, a presença de Rey nos jogos foi deliberadamente minimizada durante planejamento da fabricante

O informante afirmou ao site que a decisão foi tomada após muitas conversas. “Nós sabemos o que vendemos”,  teriam dito. “Nenhum garoto quer ganhar um brinquedo de uma personagem feminina”.

Em recente entrevista para a TV, J.J. Abrams, o diretor do longa, afirmou que ficou descontente com a ausência de Rey nos produtos da saga.

“Me parece ser absurdo e errado que a personagem principal do filme não seja bem representada no que é claramente muito importante para a franquia ‘Star Wars’ em termos de merchandising. (…) Eu li que ela [Rey] não estava no jogo de Monopoly e, rapidamente, já estava fazendo ligações a respeito disso, porque, se fosse verdade – e era verdade – não faz sentido o motivo pelo qual ela não estaria lá. Ela é importante para a história”, afirmou ele.

Compartilhe: