Executivo é demitido após comentário machista no Twitter

Saiba como agir em caso de ataques de ódio na internet

Por: Redação | Comunicar erro
A publicação com o comentário do executivo viralizou nas redes sociais

O executivo Milton Vavassori Junior foi demitido na última sexta-feira, dia 9, após publicar em seu perfil do Twitter um comentário machista. Na publicação, ele diz sentir “saudade do tempo que mulher dava a buceta e não opinião”. A decisão foi tomada depois que a empresa Promarc Technology Corporation no Brasil recebeu reclamações por e-mail de uma usuária da rede social.

A demissão foi confirmada ao jornal O Globo nesta segunda-feira, dia 12. Um print com a informação vem repercutindo na internet. Ao veículo, Marco Aurelio Modelli, executivo que representa a Promarc em São Paulo, informou que o desligamento de Vavassori ocorreu assim que soube do conteúdo. A vaga ocupada por ele na Flórida (EUA) já foi preenchida por outra pessoa.

De acordo com o representante, a atitude do funcionário pegou a todos de surpresa, pois não havia registro de reclamação contra Vavassori. Ao ser chamado pela companhia, ele teria dito que foi algo que fez “sem pensar” e que considerou sua forma de expressar-se como uma atitude “infantil”. “Ele pediu desculpas e tudo, mas foi meio tarde”, disse Modelli.

Ao Catraca Livre, a autora do post que viralizou no Twitter, a médica Roberta Lessa, de 29 anos, contou que o executivo respondeu uma publicação sua sobre feminismo com a mensagem misógina. Ele fechou seu perfil na rede social assim que fez o comentário.

“Quando os homens imaginam uma revolta feminina, eles imaginam um mundo em que as mulheres governam homens como homens governam as mulheres. Não é de se admirar que eles tenham medo”, escreveu ela em referência ao Dia da Mulher, 8 de março. A médica não conhecia Vavassori.

Roberta não imaginava que a publicação teria tantos desdobramentos. “Comecei a receber diversos comentários, alguns de apoio, mas vários outros bem agressivos e misóginos, como o do senhor em questão. Então fiz o que sempre faço: printei, denunciei ao Twitter e bloqueei a conta agressiva.”

Depois, ela fez outra postagem divulgando os comentários que recebeu, como o do executivo “Descobriram onde ele trabalhava e várias pessoas enviaram e-mails com o print para a empresa, perguntando se esse era o tipo de profissional que eles queriam vinculados a seu nome. Pouco tempo depois recebemos a notícia que ele havia sido demitido”, explica.

“Esse caso mostra que ainda incomoda a mulher ter opinião! Nós, mulheres, não vamos mais tolerar caladas esse tipo de agressão. Temos que juntas pressionar cada vez mais a sociedade em busca de um ambiente de igualdade e respeito. Assim, todos vão ter que se posicionar, inclusive as empresas. Sabe-se, porém, que o caminho em busca de igualdade ainda é longo e tortuoso”, finaliza a médica.

  • A misoginia deve ser combatida no dia a dia. Veja neste link 10 motivos para lutar contra machismo e desigualdade de gênero
  • Leia também:

Compartilhe:

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …