Explosão em Beirute ocorre às vésperas de julgamento da morte do ex-premiê Hariri

Apesar do Líbano já ter sido alvo de ataques terroristas, não há evidência ainda de que se trate de um atentado

Por: Redação

Ainda não se sabe o que causou a forte explosão que atingiu a região portuária de Beirute, no Líbano, na manhã desta terça-feira, 4. O número de mortos e feridos é incerto.

O ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasan, afirmou a rede de TV LBC que há “muitos feridos” e que “o estrago é grande”.

Beirute ao vivo: acompanhe a situação do Líbano após a explosão

Beirute
Crédito: Reprodução/TwitterGrande explosão atinge zona portuária de Beirute, no Líbano

A agência de notícias estatal libanesa NNA e duas fontes de segurança disseram que a explosão ocorreu no local onde ficam armazéns que abrigam explosivos e fogos de artifício, o que teria causado explosões maciças. Veja imagens mais abaixo.

Apesar do Líbano já ter sido alvo de ataques terroristas, em especial a capital Beirute, e viver período de instabilidade política, não há evidência ainda de que se trate de um atentado.

A explosão ocorre às vésperas do veredicto do julgamento de quatro homens pela morte do ex-primeiro-ministro Rafik Hariri, em 2005. Na sexta-feira, um tribunal da ONU deve emitir a sentença.

Todos os quatro são membros do grupo xiita Hezbollah, apoiado pelo Irã, que negou participação no atentado com um carro-bomba contra Hariri.

No ataque, no centro de Beirute, morreram o ex-primeiro-ministro e outras 21 pessoas.

Compartilhe:

Tags:#Mundo