Hashtag contra Bolsonaro vira um dos principais assuntos do mundo

Informar

Facebook devolve “Mulheres Contra Bolsonaro” às administradoras

Conhecido mundialmente, grupo já reuniu mais de 2 milhões de seguidores em poucos dias de atiid

Por: Redação | Comunicar erro

Em meio aos ataques incessantes dos últimos dias, o grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro” foi devolvido às criadoras do levante coletivo criado na rede social.

No último sábado foi invadido por hackers que, após expulsar as idealizadoras do movimento, trocaram o nome para “Mulheres com Bolsonaro” e incluíram uma foto do presidenciável. Por conta das atividades suspeitas, foi retirado do ar temporariamente.

No inicio da tarde deste domingo, 16, porém, o Facebook anunciou o retorno das atividades do MUCB. “O grupo foi restaurado e devolvido às administradoras”.

Eduardo Bolsonaro questiona legitimidade de grupo do Facebook

Compartilhe: