Últimas notícias:

Loading...

Fernanda Montenegro combate censura à arte após caso do MAM-SP

A atriz gravou um vídeo no qual fala em repressão e defende a liberdade

Por: Redação
A atriz Fernanda Montenegro

A atriz Fernanda Montenegro foi mais uma que saiu em defesa à liberdade e crítica à censura artística no país.

Em um vídeo divulgado pelo movimento 342 artes no último sábado, 7, a consagrada atriz fala sobre repressão e cultura, ainda na esteira da repercussão dos ataques contra o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) por uma performance com um homem nu, que teve a interação de uma criança.

“Tudo é cultura, inclusive a cultura de repressão. Mas só há uma cultura que constrói um país: é a cultura da liberdade”, começa ela na gravação. “A cultura liberta, cria a alma de uma nação. Nessa nossa luta de sobrevivência cultural, peço então aos poucos e honestos políticos que ainda existem lá em Brasília, ou no Brasil, que se posicionem”, continua.

Na sequência, ela pede para que os políticos protestem em favor da liberdade, inclusive para “se salvar”, e afirma que é melhor lutar para que “a coisa não piore e se transforme num inferno para a nossa sobrevivência como brasileiros”.

“No fundo, o que nós necessitamos mesmo é de educação com cultura, e cultura com educação e liberdade. Não existe nação sem liberdade”, finaliza.

A atriz e outros artistas da Globo estão se posicionando contra o que classificam como censura contra as artes. Nesta segunda-feira, em resposta a isso, internautas estão utilizando a hashtag #GloboLixo para criticar a emissora e o posicionamento desses artistas.

Confira o vídeo completo de Fernanda Montenegro:

“Só há um tipo de cultura que realmente constrói um país. A cultura da liberdade (…) Não existe nação sem liberdade” – Fernanda MontenegroNão irão nos calar. #342Artes#CensuraNuncaMais#DifamaçãoNão

Posted by 342 Artes on Saturday, October 7, 2017

  • Leia mais: