Festival faz parceria para treinar equipe e combater o assédio

No terceiro ano de parceria com o selo Women Friendly, o No Ar Coquetel Molotov, no Recife, vai treinar funcionários para garantir um evento mais seguro

Por: Redação Comunicar erro
show no festival Coquetel Molotov
Crédito: Tiago CalazansEm 2019, a expectativa do festival é atrair 8 mil pessoas em mais de 12 horas de duração

Um dos principais festivais de música do país, o No Ar Coquetel Molotov comemora três anos de parceria com o selo Women Friendly, a empresa que se denomina “amiga da mulher”. A ação vai treinar os funcionários e funcionárias para combater casos de assédio sexual no evento.

O selo Women Friendly é fruto da parceria entre a executiva Ana Addobbati e a advogada Nathalia Waldow, iniciada em 2017. A inspiração veio do questionamento da pernambucana Ana e, hoje, a empresa atua em várias frentes dessa luta, realizando treinamentos para diversos estabelecimentos.

O festival ocorrerá no Caxangá Golf & Country Club, no Recife (PE), no dia 16 de novembro, e nomes como Liniker & os Caramelows, MC Tha, Drik Barbosa, Luiz Lins e Black Alien compõem o line up. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pela Sympla.

festival
Crédito: Tiago CalazansO Coquetel Molotov tem 16 anos de história no Recife marcados pela resistência e respeito

Assédio em festivais

O assédio se tornou um tema muito debatido nas questões que dizem respeito à violência contra a mulher. Esse tipo de comportamento agressivo, que pode ser moral, psicológico, virtual, sexual, entre muitos outros, não deixa de marcar presença em eventos de música.

Pensando nisso, Ana Garcia, diretora do Festival No Ar Coquetel Molotov, convidou, em 2017, o selo Women Friendly para compor as ações contra o assédio e criar um ambiente mais seguro para todas e todos.

A parceria entre as Anas chegou ao terceiro ano com o selo na 16ª edição do festival, que tem a expectativa de atrair 8 mil pessoas em mais de 12 horas de duração. Já são 16 anos de história no Recife marcados pela resistência e respeito, buscando cada vez mais fortalecer suas parcerias.

“O Coquetel Molotov não tem histórico de assédio, mas queremos garantir um festival seguro. Também sabemos que podemos incentivar outros festivais e eventos a fazerem esse trabalho contra o assédio. O mais bacana é ver a equipe de segurança e bar, que juntos são mais de 500 pessoas, serem influenciadas pela iniciativa e replicarem esse atendimento em outros eventos da cidade. Este ano uma das maiores festas do Carnaval, a Carvalheira na Ladeira, fez parceria com o Selo Women Friendly e fiquei muito feliz de ver isso sendo replicado em eventos com outros perfis”, disse Ana Garcia.

Nas duas edições anteriores, em 2017 e 2018, foram realizadas diversas ações antes, durante e depois do evento. Entre as práticas adotadas pela Women Friendly para o festival, houve o treinamento de seguranças, bombeiros e equipe do bar com workshops presenciais, cartazes em pontos estratégicos — para estimular o público a denunciar os casos — e uma campanha pré-evento realizada nas redes sociais para exemplificar como o assédio atinge as mulheres. O Coquetel Molotov também fez, em parceria com o selo, um workshop gratuito para seus seguidores.

Para este ano, as ações educativas, principalmente nas redes sociais do festival, já estão sendo pensadas com uma abordagem para alertar o público sobre o que é o assédio e como pedir ajuda à equipe do evento. Todos são treinados para que saibam agir e atuar de acordo com a lei brasileira e orientações da ONU e, assim, criar um espaço para todas e todos.

Ana Addobbati aponta a importância do treinamento como uma questão de entender as diferenças. Os workshops abordam questões que focam na proteção do público, independentemente de sua orientação sexual e identidade de gênero, e ainda faz um alerta para funcionários e funcionárias. “O cuidado com as funcionários também é enfatizado no treinamento para que elas saibam como pedir ajuda e a quem recorrer, em caso de uma atitude inapropriada de um ou uma cliente.”

Confira as atrações:

PALCO COQUETEL MOLOTOV

MC Tha (SP)
Lia de Itamaracá (PE)
Sevdaliza (Irã / Holanda)
Luiz Lins (PE)
Liniker e os Caramelows (SP)
Black Alien (SP)
Coppola (SP)
Gui Boratto (SP)

PALCO NATURA MUSICAL

Uana Mahin (PE)
Drik Barbosa (SP)
Rosa Neon (BH)
Terno Rei (SP)
Denov (SP)
Dani Costa, o show da queridinha (PE)
OQuadro (BA)
Clarice Falcão (PE)
Revérse Djs (PE) Cherolainne b2b JV
Gop Tun (SP)

PALCO SONIC

Aventura (PE)
Satanique Samba Trio (DF)
Siba Carvalho (PE)
Torre (PE)
Taco de Golfe (SE)
Raça (SP)
Bione (PE)
Jurandex (PE)
Saskia (RS)

SOM NA RURAL

Batestaca convida MADDAM

Serviço:

No Ar Coquetel Molotov 2019
Local: Caxanga Golf Country Club – Av. Caxangá, 5362 – Iputinga
Data: 16 de novembro
Horário: a partir das 13h
3º Lote: R$ 60 (meia), R$ 120 (inteira) e R$ 85 (social – levar 1 kg de alimento não-perecível)
Link para compra online
Pontos de venda | Avesso (Avenida Rui Barbosa, 806) – segunda a sexta, das 9h30 às 19h30 e sábado das 9h às 18h

Compartilhe:

1
08:00
Lava Jato usou denúncia contra Lula para abafar crise de Janot e Temer
A matéria mais recente da Vaza Jato publicada pelo site The Intercept Brasil mostra diálogos entre os procuradores da força-tarefa …
2
04:04
O que se sabe sobre as manchas de óleo no litoral do Nordeste
Nos últimos dias de agosto, manchas de óleo começaram a aparecer em praias do litoral do Nordeste. O problema começou …
3
03:39
Bolsonaro nega envolvimento no caso das candidaturas laranjas do PSL
Durante um de seus encontros recentes com a imprensa, o presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que não tem nenhuma …
4
02:55
STF quer verificar a veracidade dos diálogos entre procuradores e Moro
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, quer verificar a autenticidade das conversas trocadas entre procuradores da Lava …
5
05:39
Por que o STF e a Operação Lava Jato estão em clima de guerra?
A tensão existente entre a Operação Lava Jato e o Supremo Tribunal Federal (STF) não é nenhuma novidade. O problema …
6
03:56
A verdadeira face de Ysani Kalapalo
A presença da jovem indígena Ysani Kalapalo na comitiva do presidente Jair Bolsonaro à ONU, na semana passada, ainda causa …
7
06:40
Trump pode sofrer impeachment?
A abertura de um processo de impeachment contra o presidente norte-americano, Donald Trump, se tornou um dos assuntos mais comentados …
8
15:16
ONU: Bolsonaro elege socialismo, mídia e países europeus como alvos
O presidente Jair Bolsonaro fez, nesta terça-feira, dia 24, seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU (Organizações das Nações …