FIFA investiga CBF por gritos de ‘bicha’ em jogo da seleção

Manifestações homofóbicas registradas em jogo da seleção poderão render multa à CBF, segundo anúncio feito pela FIFA

Por: Redação | Comunicar erro

Na partida entre Brasil e Colômbia, realizada no dia 6 de setembro, pelas eliminatórias da Copa de 2018, uma parte considerável da torcida presente na Arena Amazônia, em Manaus, gritava “bicha” nos tiro de meta cobrados pelo goleiro adversário David Ospina. A manifestação de intolerância, e homofobia, também recorrente em partidas do campeonato brasileiro, pode render multa à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), segundo anúncio feito pela Fifa ao jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a organização, por meio de informações recebidas de seus observadores presentes na Arena da Amazônia, decidiu-se a abertura de um “processo disciplinar” que avaliará os atos dos torcedores durante a partida. Após a apuração feita pelo Comitê Disciplinar da entidade será anunciado se haverá punição. A decisão deverá ser estudada nas próximas semanas.

“Podemos confirmar que um processo disciplinar foi aberto contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pelos incidentes durante a partida do dia 6 de setembro entre Brasil e Colômbia pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa. No momento, não é possível especular sobre qualquer decisão a ser tomada pelo Comitê Disciplinar da Fifa, que irá julgar todos os casos com base nas especificidades de cada um e após uma análise profunda de todas as informações e provas disponíveis. A decisão será publicada após a próxima reunião do Comitê Disciplinar da Fifa e depois de as partes envolvidas terem sido notificadas”, disse a Fifa via assessoria de imprensa.

torcida do Palmeiras em frente ao Centro de Treinamento do clube (FOTO FERNANDO DANTAS/GAZETA PRESS
Crédito: Fernando Dantastorcida do Palmeiras em frente ao Centro de Treinamento do clube (FOTO FERNANDO DANTAS/GAZETA PRESS
Torcida do Corinthians após ex-jogador da equipe beijar um homem publicamente. A manifestação de intolerância rendeu multa de R$ 23 mil à torcida organizada Camisa 12
Crédito: Fernando DantasTorcida do Corinthians após ex-jogador da equipe beijar um homem publicamente. A manifestação de intolerância rendeu multa de R$ 23 mil à torcida organizada Camisa 12

Caso a CBF seja punida pelas ofensas na Arena Amazônia, esta não será a primeira punição realizada pela FIFA, que, recentemente, multou diversas federações por conta de manifestações homofóbicas em jogos na América Latina: Argentina, Chile, Peru e Uruguai receberam multas e advertências pelo grito de “puto” de seus torcedores quando o goleiro rival cobra o tiro de meta.

O México, na Concacaf (confederação das Américas do Norte e Central), recebeu punição pela mesma razão. Os valores variam de R$ 20 mil (Peru e Chile) a R$ 75 mil (Argentina e México).

De onde surgiu a ofensa? 

Em países de colonização espanhola, a expressão homofóbica “puto” é maneira pejorativa relativa a homossexuais. Foi assim que, desde 2004, as ofensas começaram a aparecer em jogos do campeonato mexicano, nas cobranças de tiro de meta da equipe adversária.

E chegou ao Brasil, quando os torcedores brasileiros trocaram “puto” por “bicha”. Primeiramente quando torcedores do Corinthians começaram a expressar a hostilidade, especificamente ao ex-goleiro do São Paulo, Rogério Ceni.

Nos últimos anos, com clubes do México na Libertadores, os brasileiros passaram a fazer o mesmo, trocando o “puto” por “bicha”. Torcedores do Corinthians foram os primeiros a importar a hostilidade, geralmente dirigida ao então goleiro do São Paulo, Rogério Ceni. No final de 2014, a diretoria do Corinthians soltou uma nota em que pedia o fim da manifestação homofóbica. A CBF não se manifestou sobre a polêmica.

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …