Últimas notícias:

Loading...

Foto mostra triste realidade da captura de animais marinhos pela pesca

Foto: PBS
Foca fica presa em rede de pesca instalada para capturar peixes

Arrastões marítimos em grande escala, nos quais se utiliza uma tecnologia extremamente agressiva e avançada para capturar tantos peixes quanto possível para fins comerciais – com a intenção de encontrar espécies como bacalhau, atum ou espadarte – frequentemente matam um inimaginável número de animais de outras espécies.

Geralmente, mais de 40% dos animais pegos pelas redes são considerados como “captura acidental” (“bycatch”). Isso inclui golfinhos, tartarugas, raias-jamantas, pequenas baleias e tubarões – e a destruição que nós provocamos sobre a vida desse animais implica em consequências para a nossa própria sobrevivência de maneira que muitas vezes sequer nos damos conta.

Os tubarões, por exemplo, cumprem um papel vital, apesar de pouco conhecido, na luta contra as mudanças climáticas ao consumir animais que, em super populações, ingerem grandes quantidades de vegetais armazenadores de carbono, mantendo-os assim em um nível sustentável.

Confira o final dessa história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

ANDA

Em parceria com ANDA

Agência de Notícias de Direitos Animais e maior portal de notícias sobre animais do mundo.

Compartilhe: