Funcionários públicos no RJ recebem mais de R$ 18 mil sem trabalhar

Ao “RJ2”, a Alerj negou que os funcionários sejam “fantasmas”

Por: Redação

Reportagem do telejornal “RJ2”, da TV Globo, revela que ao menos sete assessores de deputados da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) assessores de deputados recebem mais de R$ 18 mil sem aparecer para trabalhar.

Crédito: Divulgação/Alerj Fachada da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

O levantamento exclusivo apontou ainda que tem funcionários públicos que mesmo morando em outras partes do Estado do Rio de Janeiro e também nos EUA ainda recebem seus vencimentos.

Em um dos casos citados revela que tem servidor que ganha mais do que os deputados da Casa –R$ 25 mil.

De acordo com a reportagem, os funcionários da Alerj não precisam bater ponto, apenas preencher fichas. A responsabilidade a carga horária nos gabinetes é dos deputados.

Ao “RJ2”, a Alerj negou que os funcionários sejam “fantasmas”.

Compartilhe: