Últimas notícias:

Loading...

Greve paralisa parcialmente linhas do Metrô de SP

Linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha operam em alguns trechos; a linha 15-Prata está totalmente fechada e a 4-Amarela e 5-Lilás funcionam normalmente,

Por: Redação

A greve dos metroviários paralisa parcialmente as linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha, Metrô de São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 19. A linha 15-Prata está totalmente fechada e a 4-Amarela e 5-Lilás funcionam normalmente, assim como os trens da CPTM.

Muitos passageiros foram pegos de surpresa com as estações fechadas. A Justiça determinou que 80% dos funcionários do Metrô estejam em seus postos nos horários de pico e 60% nos demais horários.

Metrô de SP entrará em greve a partir de meia-noite
Crédito: Reprodução/TwitterGreve paralisa parcialmente linhas do Metrô de SP

Os metroviários pedem reajuste salarial em 10%, além dos adicionais noturnos em 50% e férias em 70%. Eles também reivindicam por melhoria nas condições de trabalho.

O Metrô considera inadmissível que o Sindicato dos Metroviários, com toda a linha de frente vacinada contra a covid-19 e com a crise econômica, decida fazer uma greve. A empresa afirmou que fez uma proposta de reajuste de 2,61% não retroativo a partir de 1º de janeiro de 2022, mas o sindicato não aceitou. O índice é menor do que os 9,7% propostos pelo Ministério Público do Trabalho.

A SPTrans colocou ônibus gratuito ao longo de toda a extensão das linhas 1-Azul (100 ônibus), 2-Verde (60 ônibus) e 3-Vermelha (100 ônibus) com a criação de 6 linhas. Algumas linhas regulares também tiveram os itinerários alterados.

Segundo os Sindicato dos Metroviários, a greve parcial não tem data para terminar. Uma nova assembleia da categoria deve acontecer no fim da tarde desta quarta.

Compartilhe:

Tags: #Transporte