Haitianos gravam vídeo em resposta à declaração de Luciano Huck

Por: Redação

Haitianos que vivem em Curitiba publicaram um vídeo nesta segunda-feira, dia 20, em resposta a uma matéria que explora apenas a imagem de pobreza em seu país de origem. O protesto surgiu após a TV Globo veicular uma reportagem, no intervalo do jogo entre Haiti e Brasil, no último dia 8 de junho, que recebeu inúmeras críticas.

O vídeo mostrado seria apenas do bairro Cite Soleil, na capital Port-au-Prince, conhecido pela miséria e a violência. A reportagem também teria usado imagens de 2004, período em que o país vivia graves problemas políticos, e de 2010, quando foi devastado depois de um terremoto.

De acordo com os haitianos, a emissora ignorou aspectos positivos da região. Além disso, o apresentador Luciano Huck chegou a dar uma declaração sobre sua experiência no Haiti. “Depois do que vi, acho que a humanidade não deu certo”, afirmou.

O vídeo é uma resposta à reportagem veiculada pela TV Globo

A frase do apresentador causou indignação entre os imigrantes. Segundo eles, a atitude contribui para reforçar a xenofobia e outras dificuldades que eles enfrentam longe de seu país de origem. O vídeo foi feito com a ajuda do fotojornalista Brunno Covello e de alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

No vídeo de resposta à reportagem, os participantes desconstroem o discurso retratado pela TV Globo. “Somos humanos antes de ser haitianos ou brasileiros”, ressalta um dos haitianos. Assista abaixo:

Compartilhe: