Últimas notícias:

Loading...

Incêndio atinge Cinemateca Brasileira em São Paulo

Internautas culpam descaso governamental pela tragédia a um dos mais importantes símbolos da cultura nacional

Por: Redação

Um incêndio de grandes proporções tomou conta de um galpão da Cinemateca Brasileira, na Vila Leopoldina, zona leste de São Paulo. De acordo com os bombeiros, não há registro de vítimas até o momento. Dezessete viaturas já estão no local para controlar o fogo.

incêndio cinemateca
Crédito: Reprodução/TwitterIncêndio atinge a Cinemateca Brasileira, em São Paulo, e destrói obras

Um chamado foi feito ao Corpo de Bombeiros para fogo em edificação comercial por volta das 18h. Que fique claro: o incêndio não ocorreu na sede da Cinemateca Brasileira, que fica na Vila Mariana. No endereço da Vila Leopoldina há um conjunto de galpões, de cerca de 6.356 m² de área construída, onde parte do acervo da Cinemateca Brasileira é guardado.

De acordo com o major Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, no galpão há materiais altamente inflamáveis. Os bombeiros disseram ainda que a estratégia para combater o incêndio é impedir que o fogo se alastre para galpões vizinhos.

“Nós temos o registro de ser um local onde temos diversos materiais combustíveis diferentes. Arquivos de filmes, que têm acetato altamente inflamável, e todos os materiais que compõem a edificação”, disse Major Palumbo.

Em entrevista à TV Globo, a diretora-executiva da Sociedade Amigos da Cinemateca, Maria Dora Mourão, disse que o galpão atingido pelo fogo era o único em uso dentre os galpões da Cinemateca. No local são armazenados documentos e filmes de longas e curta-metragens, um “acervo relevante”.

Cinemateca abandonada

Em julho de 2020, o Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) entrou com uma ação na Justiça contra a União por abandono da Cinemateca Brasileira. A promotoria questionava a falta de contrato para gestão da instituição.

Veja imagens e reações do incêndio:

Compartilhe: