Infantilização: falar no diminutivo é benéfico para as crianças?

Por: Renata Penzani

É quase patológico: bastou avistar um bebê ou criança pequena para sairmos falando em uma sucessão de diminutivos: “Cadê o bebezinho da mamãezinha?”, “Vamos colocar a roupinha?”, “Hum, que delicinha essa sopinha de cenourinha!” e outras variações do dialeto alternativo que assumimos na frente de uma criança. Mas afinal, essa postura prejudica o desenvolvimento infantil? Como agir quando os pequenos começam a se comunicar com palavras?

Alfabetização saudável x Infantilização exagerada

Há especialistas que até defendem alterar a entonação na hora de conversa com o bebê, com o intuito de construir uma ligação afetiva com ele. Não por acaso, em todos os idiomas, há um jeito ‘infantil’ de falar: o bom e velho ‘tatibitate’: falar errado de modo deliberado. Porém, a fala exageradamente infantilizada passa a ser um problema quando se mantém mesmo depois de a criança aprender as palavras de forma correta.  O importante é o adulto ter o cuidado de acompanhar o ritmo de desenvolvimento das crianças.

Mais importante até do que 'o que' falamos, é 'como' falamos. O mais importante é acompanhar o ritmo de desenvolvimento e alfabetização da criança.
Crédito: PicasaMais importante até do que ‘o que’ falamos, é ‘como’ falamos. O mais importante é acompanhar o ritmo de desenvolvimento e alfabetização da criança.

“Até que a criança tenha domínio dos fonemas e de algumas palavras, pode usar diminutivo e alongamento de palavras. Após a fase de aquisição de linguagem, é importante que falemos em ritmo e modulação mais adequados, utilizando uma tonalidade menos infantil”, alerta a fonoaudióloga Alessandra Garcia, em entrevista ao site Disney Babble.

Para ela, mais importante do que o que falamos, é como falamos. Isso impacta diretamente nos vínculos que o adulto estabelece com as crianças. “Fale sempre olhando nos olhos e articule bem as palavras. Use bastante modulação na voz, para permitir uma interação maior, explica.

*Com informações de Disney Babble

Leia mais:

1
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
2
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …
3
Tudo o que se sabe sobre a ação policial em Paraisópolis
No último domingo, 9 jovens morreram supostamente pisoteados durante ação realizada pela Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, em São …
4
PSL pune postura de Eduardo Bolsonaro e de outros 17 parlamentares
O diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu na terça-feira, 3, punir 18 parlamentares acusados de articular o afastamento …
5
Presidente da Funarte diz que rock leva ao aborto e ao satanismo
O músico Dante Mantovani, nomeado nesta segunda-feira, 2, como o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), possui um canal …
6
Trump decide retomar taxação ao Brasil após desvalorização do real
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um post em sua rede social anunciando o retorno das tarifas de …
7
Entenda todos os desdobramentos das prisões em Alter do Chão
Os quatro brigadistas que haviam sido presos preventivamente na operação Fogo de Sairé, da Polícia Civil do Pará, deixaram a …
8
Ajude a manter vivo o sonho da única orquestra do mundo criada e manti
A Orquestra Sinfônica de Heliópolis é a única orquestra sinfônica do mundo mantida numa favela. Mensalmente são mais de 1.300 …