Inpe lança ‘SOS Chuva’ para identificar tempestades

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #enchentes

Pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de São José dos Campos, desenvolveram uma nova tecnologia que promete fazer a previsão de tempestades na ocorrência de extremos climáticos. O “SOS Chuva” vai fornecer à população informações sobre raios, rajadas de vento e chuvas de granizo.

O objetivo do instituto é reduzir os impactos dos eventos ligados ao aquecimento global e às ações do homem no meio ambiente. Como consequência, o Inpe espera que ocorra uma queda no número de mortes causadas por deslizamentos de encostas, enchentes e desabamento de casas.

O objetivo do projeto é reduzir o número de mortes causadas na ocorrência de tempestades
O objetivo do projeto é reduzir o número de mortes causadas na ocorrência de tempestades

Os equipamentos, criados por uma equipe com mais de 50 cientistas brasileiros e estrangeiros, já foram instalados e a previsão é que o “SOS Chuva” comece a operar em novembro deste ano na cidade de Campinas, em São Paulo. Para colocar a ideia em prática, os pesquisadores fizeram estudos durante cerca de 10 anos.

O radar usado na tecnologia, capaz de cobrir uma área de 100 quilômetros, custou 600 mil euros, pagos com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que investiu R$ 3 milhões no total.

A Defesa Civil também deverá usar o projeto para reduzir os danos provocados pelas chuvas em áreas de risco. Além disso, a população poderá interagir com a tecnologia por meio de um aplicativo para o usuário enviar informações em tempo real.

Compartilhe: