Intercept: Deltan monta plano para lucrar com fama da Lava Jato

Procurador da República é proibido por lei de gerenciar empresas

Por: Redação

Ao que tudo indica, Deltan Dallagnol, procurador da República, montou um esquema de negócios de eventos em que comanda palestras com o intuito de lucrar com a fama e contatos que ganhou após virar coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato.

Vale ressaltar que a lei proíbe que procuradores gerenciem empresas e permite que essas autoridades apenas sejam sócios ou acionistas de companhias.

Crédito: Agência BrasilDeltan Dallagnol, procurador da República, tem conversas comprometedoras vazadas

O que comprova tal afirmação seria uma série de mensagens obtidas pelo Intercept Brasil. Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, em 2018, Deltan trocou mensagens com um colega da Lava Jato em que discutiram a constituição de uma empresa na qual eles não apareceriam formalmente como sócios, para evitar questionamentos legais e críticas.

Outras pessoas participavam do grupo no chat, incluindo a esposa de Deltan, que recebeu a seguinte mensagem do marido: “Vamos organizar congressos e eventos e lucrar, ok? É um bom jeito de aproveitar nosso networking e visibilidade”.

“Se fizéssemos algo sem fins lucrativos e pagássemos valores altos de palestras pra nós, escaparíamos das críticas, mas teria que ver o quanto perderíamos em termos monetários”, completou ele.

Ainda de acordo com a publicação, na mesma conversa, os procuradores também mencionaram parcerias com uma firma organizadora de formaturas e outras duas empresas de eventos.

A conversa indica outra evidência: Deltan ocupou os serviços de duas funcionárias da Procuradoria em Curitiba, no Paraná (PR), para organizar sua atividade pessoal de palestrante no decorrer da Lava Jato.

E não parou por aí. O Intercept apontou também que o procurador incentivava outras autoridades ligadas a Lava Jato a realizar palestras remuneradas, entre eles o atual ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro.

Confira a matéria completa no link.

1
Bolsonaro pode sofrer impeachment por crime de responsabilidade?
O presidente Jair Bolsonaro compartilhou no whatssapp um vídeo que relembra a facada que tomou durante sua campanha presidencial e …
2
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
3
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
4
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
5
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
6
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
7
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
8
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …