Jair Bolsonaro presta homenagem a Paulo Gustavo e web desaprova

"Bolsonaro lamentando a morte do Paulo Gustavo é uma chacota e um desrespeito com a memória do artista. Paulo não merecia isso", escreveu internauta

Com a popularidade em baixa e se abstendo de manifestar-se pelas mais de 400 mil vítimas brasileiras do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prestou homenagem ao humorista Paulo Gustavo, que faleceu na noite desta terça-feira, 4, em decorrência de complicações da covid-19.

Bolsonaro se manifesta pela morte de Paulo Gustavo
Créditos: reprodução/Instagram
Bolsonaro se manifesta pela morte de Paulo Gustavo

“Meus votos de pesar pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo, que com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid.”, escreveu o presidente.

View this post on Instagram

A post shared by Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro)

Nas redes sociais, Bolsonaro foi bastante criticado. Internautas alegam que o presidente se aproveitou da baixa popularidade para tentar demonstrar humanidade. Além disso, muitos fãs de Paulo Gustavo responsabilizaram a falta de ações efetivas do governo federal pela morte do humorista. Também foram comentadas as inúmeras declarações homofóbicas já feitas por Bolsonaro.

Veja:

https://twitter.com/RianGuedes93/status/1389790067510611968

https://twitter.com/JayneVictoriaS1/status/1389789967753297925

https://twitter.com/jesyseashell/status/1389789950359621633