João de Deus diz não se lembrar de mulheres que o acusam de abuso

Médium voltou a negar as acusações de crimes sexuais

Por: Redação | Comunicar erro

João de Deus, acusado de abuso sexual, depôs nesta quarta-feira, 26, ao Ministério Público do Estado de Goiás. Segundo o advogado Alberto Toron informou ao portal G1, o médium afirmou que não se lembrava das mulheres que o acusam e também negou que tenha cometido abusos contra mulheres que estavam em busca de tratamento espiritual.

João de Deus em Abadiânia
Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilO médium João de Deus em Abadiânia (GO)

Toron afirmou que todas as perguntas foram respondidas. “Ele disse que não se lembrava de quem eram as vítimas, ressaltou que atendida muitas pessoas e que era impossível lembrar pelo nome, até porque não foi mostrada nenhuma foto.”

O advogado também comentou que as questões foram apenas ligadas às denúncias de abuso sexual. Perguntas sobre o dinheiro encontrado na casa do médium, armas e pedras preciosas não foram feitas.

De acordo com outro defensor do médium, Alex Neder, ele sempre fez atendimentos “acompanhado de várias pessoas”.

João de Deus está preso preventivamente  desde 18 de dezembro, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. O depoimento começou cerca de 10h40 e acabou perto do meio-dia.

Denúncias

Os promotores iniciaram uma força-tarefa para apurar as denúncias contra o médium após relatos de mulheres virem à tona no programa Conversa com Bial, no início de dezembro. Até a manhã desta quarta-feira, o MP-GO recebeu quase 600 denúncias, por e-mail, contra o médium, informou a Agência Brasil.

Do total de relatos, a força-tarefa colheu 78 depoimentos de mulheres. Outra pessoa deve ser ouvida nesta tarde.

A mulher de João de Deus, Ana Keyla Teixeira, deve ser ouvida pela Polícia Civil nesta quarta-feira (26). Assim como o MP-GO, a corporação montou uma força-tarefa para apurar os crimes. Os policiais receberam 16 denúncias, sendo que nove viraram inquéritos – um deles já concluído e indicia o médium por violação sexual mediante fraude, e os demais seguem em andamento.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …