CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Jogador do Flamengo chama companheiro de clube de macaco

Em transmissão ao vivo no Instagram, Thuler, do Flamengo, chama Lincoln de ‘macaco’

Por: Redação

Neste domingo,  29, o zagueiro do Flamengo Matheus Thuler, em uma transmissão ao vivo por meio do Instagram, chamou Lincoln, parceiro de clube, de “macaco”. Mais de 1.200 pessoas acompanhavam a conversa em tempo real.

Thuler estava com Vinicius Souza, volante do mesmo clube carioca, e, ao perguntar com quem conversava, gritou “macaco”. “O que é isso, cara?”, disse Vinicius. A transmissão foi encerrada logo depois.

Crédito: Reprodução/Instagram Mais uma injúria racial pelo xingamento de “macaco” no futebol

A declaração, mais uma injúria racial no futebol, gerou revolta nas redes sociais e fez com que Thuler publicasse um pedido de desculpas na tarde deste domingo.

“Você é da minha família e estamos juntos sempre para o que der e vier! Peço sinceras desculpas a quem pode ter se ofendido com a brincadeira com meu irmão”, escreveu o jogador.

Injúria racial

Quando o crime de racismo é direcionado a uma pessoa, ele é considerado uma injúria racial, uma vez que a vítima é escolhida precisamente para ser alvo da discriminação.

Essa conduta está prevista no Código Penal Brasileiro, artigo 140, parágrafo 3, como um crime contra a honra, sendo o fator racial uma qualificadora do crime.

É importante ressaltar que em casos de racismo, além da própria vítima, uma testemunha pode denunciar o crime. O mesmo não vale para o crime de injúria racial, pois somente a vítima pode se manifestar sobre o ataque na justiça.

foto de homem negro com as mãos espalmadas ao lado de seu rosto
Crédito: IStock/@innovatedcapturesDesde 1989, a Lei 7.716 define como crime a discriminação pela raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional

Como denunciar

Para denunciar casos de racismo em páginas da internet ou em redes sociais, o usuário deve acessar o portal da Safernet e escolher o motivo da denúncia.

Além disso, é necessário enviar o link do site em que o crime foi cometido e fazer um comentário sobre o pedido. Após esses passos, será gerado um número de protocolo, que o usuário deve usar para acompanhar o processo.

Se atente em unir provas! O primeiro passo é tirar prints da tela para que você possa comprovar o crime e ter como denunciar. Depois, denuncie o usuário pelo serviço de denúncias da rede social em que ocorreu o ato.

1
E se Bolsonaro foi contaminado com coronavírus?
O que não passava de pura especulação e teoria da conspiração tem ganhado ares de verdade com novos capítulos envolvendo …
2
Coronavírus: Câmara aprova auxílio de R$600 para pessoas de baixa renda
A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 26, uma medida que prevê o pagamento de R$600 para trabalhadores de baixa …
3
Bolsonaro e o coronavírus: um presidente na contramão do mundo
O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de terça-feira, 24, pegou de surpresa integrantes do governo e …
4
Entenda a MP da Morte: da polêmica e revogação por Bolsonaro até o erro de redação de Guedes
Em apenas uma canetada o presidente Jair Bolsonaro autorizou empresas a suspenderem contratos com seus empregados por 4 meses, sem …
5
Coronavírus no RJ: a situação dos transportes e dos comércios
O Rio de Janeiro adotou medidas mais severas para conter o avanço do novo coronavírus. O governador do estado, Wilson …
6
Eduardo Bolsonaro cria crise diplomática ao culpar a China pelo coronavírus
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) meteu o pé pelas mãos, botou a culpa do coronavírus totalmente na China e …
7
Coronavírus: Bolsonaro anuncia medidas de emergência para conter a doença
Durante uma live nesta quarta-feira, 18, O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou novas medidas na área econômica, na saúde …
8
Coronavírus em SP: comércios fechados e transportes interrompidos no ABC
São Paulo é o estados mais afetados pelo novo coronavírus no país. Para tentar conter o avanço da doença, medidas …