Jovens criam financiamento coletivo para participar da COP 25

A Conferência da ONU foi remarcada para ocorrer em Madri, na Espanha; veja como ajudar a ONG

Integrantes da delegação Engajamundo na COP25

Levar a juventude brasileira em todas as suas caras e cores para ser ouvida na maior Conferência sobre Mudanças Climáticas do mundo! Esta é a missão atual do Engajamundo, organização de liderança jovem que prepara sua delegação de 14 brasileiros para participar da Conferência de Clima da ONU, a COP25.

Mas, essa missão que já parecia desafiadora, ficou ainda mais na última semana: a Conferência que iria ser sediada em Santiago, no Chile, foi cancelada pelo presidente chileno Sebastian Piñera, e realocada para Madrid, nas mesmas datas (2 a 13 de dezembro).

Com essa mudança, várias organizações e grupos que se preparam há meses para participar já não têm mais certeza se conseguirão chegar na Conferência, o que também é o caso dos jovens do Engajamundo. Após a notícia da mudança, o grupo perdeu investimentos como passagens compradas e reserva de hospedagem que haviam conseguido com parceiros e projetos aprovados e agora, precisa reorganizar toda a sua logística do zero.

Por isso, com o objetivo de, em menos de quatro semanas, arrecadar recursos suficientes para levar a delegação, o grupo criou uma campanha de financiamento coletivo online. A campanha possui diferentes metas que variam de acordo com a quantidade de participantes que cada valor arrecadado consegue cobrir, e está no formato tudo ou nada, ou seja: se a meta mínima não é batida, não ganham nada do valor arrecadado. Você pode saber mais sobre o projeto e fazer parte dessa missão acessando o link.

O Engajamundo

O Engajamundo é uma organização liderada por jovens que acreditam na sua responsabilidade como parte fundamental da solução para enfrentar os maiores desafios socioambientais do Brasil e do mundo.  A rede atua como um canal para a participação efetiva da juventude em decisões importantes que afetam o nosso presente e futuro.

Durante as COPs (espaços que ocupam desde 2013), a delegação se divide em três grupos de trabalho: comunicação, lobby e ativismo. Com o objetivo de organizar ações, pressionar os tomadores de decisão de acordo com seus pontos de lobby e comunicar aos voluntários e seguidores da organização, tudo que está acontecendo com uma linguagem fácil e acessível para todos e todas.