Justiça condena ex-marido de Luiza Brunet por agressão

"Esse é um momento de vitória para as mulheres", comemorou a atriz

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou, na última quinta-feira, 14, Lírio Parisotto por agressão contra Luiza Brunet, sua ex-esposa.

Crédito: Reprodução/InstagramLuiza Brunet e o ex-marido Lírio Parisotto

A Justiça determinou que o empresário deve prestar serviço comunitário por um ano, como medida socioeducativa e durante dois anos terá de se  apresentar todo mês no fórum. Para viajar, Parisotto precisará de autorização.

“Essa resposta da Justiça chancela a minha verdade e a de tantas outras mulheres que foram violentadas e obrigadas a se calar. Fui julgada e desacreditada. Mas, finalmente se fez Justiça. Esse é um momento de vitória para as mulheres”, disse a atriz nas redes sociais.

View this post on Instagram

Eu sempre acreditei na Justiça. A condenação de hoje em segunda instância, por unanimidade, veio em um momento representativo. Recebi a notícia de hoje dentro da secretaria de Justiça do Estado de São Paulo. Estava em reunião com o secretário de Justiça Paulo Dimas, discutindo a nova campanha do Estado de prevenção e combate à violência doméstica, da qual participarei para ajudar muitas mulheres que são vítimas da violência. Estar em uma casa da Justiça no momento em que a decisão saiu foi muito simbólico para mim. A resposta da Justiça chancelou a minha verdade e de tantas outras mulheres que foram violentadas e obrigadas a se calar. Fui julgada e desacreditada. Mas, finalmente se fez Justiça. Esse é um momento de vitória para as mulheres. Me sinto motivada em me envolver cada vez mais em campanhas que dão voz para, nós, mulheres. Aqui com o secretário de justiça Paulo Dimas as promotoras de justiça Gabriela Mansur,Valéria Scarance , Erica Paes, Dra. Albertina Duarte, dr. Ana Paula de Queiroz Bandeira Lins e equipe de marketing Denilson. #somosmuitas #pautapositiva @ericapaesreal @justicadesaia @valscarance @monica_bergamo @soracy @giselevitoria @jornaloglobo @folhadespaulo @maulima @marieclairebr @claudiaonline @maricaruso @fernandadelmas @gracehajfler @belamegale @brunanarcizo @tucafranchini AGRADEÇO AO MEU ADVOGADO PEDRO EGBERTO DA FONSECA NETO E SUA COMPANHEIRA DANIELE FONSECA. 🙏 OBRIGADO CARLOS GAIA PROMOTOR DE JUSTIÇA DO CASO @cbrunogaya Foto-José Francisco Pacóla 🎥Obrigado querido.

A post shared by Luiza Brunet (@luizabrunetoficial) on

Luiza Brunet denunciou o ex-marido por agressão física em 2016. Na época, a modelo afirmou que foi espancada durante uma viagem do casal a Nova York, nos Estados Unidos, no dia 21 de maio de 2016. “É doloroso aos 54 anos ter que me expor dessa maneira”, disse ela na época.

De acordo com Luiza, Parisotto começou a se exaltar durante um jantar com amigos. Ao voltarem para o apartamento onde estavam hospedados na cidade americana, eles discutiram e o empresário deu um soco no olho da modelo e a chutou diversas vezes. Em seguida, ela contou ter sido derrubada no sofá e imobilizada violentamente, o que provocou a quebra de quatro costelas.

Crédito: Reprodução/Instagram@luizabruneteoficialNa época, Luiza Brunet divulgou fotos mostrando os hematomas deixados pela agressão do ex-marido

Em junho de 2017, Parissotto já havia sido condenado em primeira instância.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:53
Suzano e Nova Zelândia: os impactos da exposição excessiva
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que o nome do atirador que matou 50 pessoas em uma mesquita em …
2
02:28
Posse de armas: Nova Zelândia dá exemplo de civilidade ao mundo
Após chocar o mundo nesta semana com o massacre de 50 pessoas em duas mesquitas de Christchurch, a Nova Zelândia …
3
03:10
Entenda o mistério por trás da boneca Momo
Ainda mais perturbador, o Desafio da Momo está de volta e desta vez a boneca aparece supostamente dentro de vídeos …
4
02:25
Bolsonaro apoia a construção de muro entre EUA e México
Em viagem diplomática a Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse apoiar a construção do muro na fronteira entre EUA e México, …
5
01:42
A nova decisão do STF e o futuro da Lava Jato
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a partir de então os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção quando …
6
02:31
Atentado na Nova Zelândia: crimes transmitidos nas redes sociais
Mais um atentado terrorista chocou o mundo nesta sexta-feira, dia 15. Um atirador realizou ataques simuntâneos em duas mesquitas, deixando …
7
01:45
O lugar em que os atiradores de Suzano foram considerados heróis
Uma reportagem publicada nesta terça-feira, 14, pelo portal da Vice indica que os atiradores que invadiram a Escola Estadual Raul …
8
04:17
Últimas notícias sobre a tragédia em Suzano