CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Lojas na Índia colocam vídeos de estupros coletivos à venda

Por: Redação

No Estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, lojas estão vendendo vídeos de estupros coletivos. Ao mesmo tempo, acontece uma onda de violência contra mulheres, que pedem a renúncia do ministro chefe-estadual Akhilesh Yadav.

De acordo com o Times of India, os clipes tem duração entre 30 segundos e 5 minutos e custam de 50 a 150 rúpias cada, por volta de R$2 a R$7.

Violence
Crédito: Getty Images/VettaUttar Pradesh é considerado o Estado mais populoso e violento para mulheres na Índia

A polícia de Agra, maior cidade do Estado, afirmou à Reuters que está ciente da venda irregular das imagens e que está tomando as providências necessárias.

Mesmo depois do governo indiano ter endurecido as leis contra estupro, nas últimas semanas foram registrados diversos estupros coletivos em Uttar Pradesh. O Estado é considerado o mais populoso e mais violento para mulheres na Índia.

Por isso, o ministro-chefe do Estado tornou-se alvo de críticas por causa do aumento do número de crimes contra mulheres. No twitter, a hashtag “LawlessUP” (UP sem leis, em português) foi uma das mais citadas recentemente.

Segundo dados oficiais de 2014, a violência contra a mulher aumentou 9% em relação ao ano anterior. Foram mais de 300 mil relatos, incluindo estupro, abuso e sequestro.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.