Machismo: Mulher é acusada de traição em panfletos jogados pela rua

Nos bilhetes anônimos, o autor denuncia um suposto relacionamento extraconjugal envolvendo a proprietária do estabelecimento e um professor de arte marcial

Por: Redação

Uma mulher foi acusada de adultério com centenas de panfletos, como bilhetes anônimos, jogados pelas ruas de Registro, municípios do interior de São Paulo, na manhã desta segunda-feira, 9. As informações foram obtidas pelo portal ‘G1’.

Crédito: Reprodução/TwitterMachismo: Mulher é acusada de traição em panfletos jogados pela rua

Os panfletos foram jogados na porta de uma loja no centro da cidade e em vários outros bairros.  Nos bilhetes anônimos, o autor denuncia um suposto relacionamento extraconjugal envolvendo a proprietária do estabelecimento e um professor de arte marcial Muay Thai.

De acordo com o G1, os panfletos foram jogados primeiro na frente da loja da mulher, na av. Professor Jonas Banks Leite, no centro de Registro. Pouco depois, os bilhetes foram aparecendo em outros pontos da cidade.

Ao longo do dia, imagens dos panfletos foram compartilhadas na internet, em redes sociais.

No texto é dito que a comerciante traiu o marido com o professor de Muay Thai de uma academia, em Registro e ameaça divulgar fotos. “A proprietária **** ******** (atual mulher do ******* ******) está traindo seu marido com seu “namorado” e seu treinador de Muay Thai, o Sr. ******. A próxima edição vem com fotos.”

A Polícia Civil de Registro, informou ao portal ‘G1’, que nenhum caso de difamação foi notificado, nesta segunda. A Polícia Militar também não foi acionada para atender à ocorrência. Durante o dia, voluntários se reuniram para recolher os papéis da rua.

Em nota, a academia onde o treinador trabalha informou que repudia veementemente tal atitude e que prestará total apoio ao colaborador e ao casal de amigos e clientes envolvidos no caso. “É uma inverdade imoral e criminosa. Temos certeza de que em breve tudo será esclarecido pelas autoridades competentes”, diz a nota.

Mas porque consideramos a atitude machista¿ Primeiro: pela exposição da mulher. Segundo: pela falta de provas. Terceiro: porque, mesmo que seja verdade, até hoje, homem nenhum, com relacionamento extra conjugal, precisou passar por tamanha humilhação. A sociedade releva essas atitudes quando vinda de homens e execra se for uma mulher na mesma posição.

Acordos monogâmicos, quando feitos, devem ser respeitados. Mas quando isso não acontece, seja pelo parceiro ou pela parceira, não se justifica tamanha exposição, inclusive da pessoa traída.

Compartilhe:

1
Bolsonaro pode sofrer impeachment por crime de responsabilidade?
O presidente Jair Bolsonaro compartilhou no whatssapp um vídeo que relembra a facada que tomou durante sua campanha presidencial e …
2
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
3
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
4
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
5
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
6
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
7
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
8
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …