Maioria dos juízes e médicos opta pelo aborto em caso de gravidez indesejada

Por: Redação | Comunicar erro

Uma coisa é ser contra o aborto e defender que mulheres que interrompem a gravidez sejam culpadas e punidas. Outra é enfrentar essa situação dentro de casa e ter que tomar uma decisão difícil como essa.

É o que mostra uma pesquisa da Unicamp divulgada na coluna de Cláudia Collucci, da Folha de S. Paulo, realizada em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

Dos 1148 juízes entrevistados, 20% já tiveram parceiras que engravidaram “sem querer”. Interromper a gravidez foi a opção de 79,2% deles. Entre as 345 juízas que participaram da pesquisa, 15% engravidaram por acidente e 74% optaram pelo aborto.

Entre médico os resultados foram parecidos: um estudo da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) mostrou que 79,9% das parceiras de médicos abortaram em caso de gravidez indesejada. Entre as médicas, 77,6% fizeram a mesma opção.

 

 

Compartilhe:

1 / 8
1
02:23
Paulo Guedes diz que renunciará se Previdência virar ‘reforminha’
O ministro Paulo Guedes (Economia) voltou a afirmar que se houver uma mudança muito radical na proposta original da reforma …
2
03:08
XP: Avaliação negativa do governo supera a positiva pela 1ª vez
De acordo com pesquisa da XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira, dia 24, a avaliação negativa do governo do presidente Jair Bolsonaro …
3
01:35
Governo libera o uso de mais 31 agrotóxicos no campo
O Ministério da Agricultura liberou o uso de mais 31 agrotóxicos nas lavouras do país. Entre eles, há produtos que …
4
02:33
Foto de manifestantes nus contra Bolsonaro é falsa
A foto de uma suposta manifestação de pessoas peladas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  que viralizou nas redes …
5
01:37
Lobão rompe com Bolsonaro: “Esse cara não me representa”
Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o cantor e compositor Lobão falou sobre sua decepção com Jair Bolsonaro e …
6
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
7
03:41
Manifestação releva descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
8
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …