Últimas notícias:

Loading...

Mamãe Falei mostra como usar o Facebook para enganar jornalistas

Como se consegue propagar uma mentira

Por: Redação
Chamada do “Boletim da Liberdade”: ligado ao MBL

Mamãe, Falei, o site do provocador Artur do Val, candidato a deputado pelo MBL, conseguiu fazer alguns dos principais veículos de comunicação cairem numa armadilha: Folha, UOL, Exame, Época, Estadão, IG, entre muitos outros.
Ele conseguiu disseminar a versão de que teria sido agredido por Ciro Gomes – e a notícia continua correndo na internet, mesmo depois ser divulgada a montagem.

Essa disseminação só foi possível graças ao poder que o MBL e seus aliados têm no Facebook – onde, aliás, ajudaram disseminar mentiras contra Marielle Franco, fazendo que algumas páginas fossem cortadas daquela rede social.

Como saiu em todos esses veículos, a notícia se espalhou rapidamente pelas redes sociais, confirmando a visão generalizada ( e verdadeiro) de que Ciro Gomes perde facilmente o controle.

seleção do Google

Logo, os sites militantes à direita disseminaram a “notícia”. Um deles, ligado ao MBL, o Boletim da Liberdade, ajudou a disseminar a montagem.

Compreensível: Arthur do Val tinha uma “prova”. O vídeo mostraria, de fato, um gesto brusco de Ciro Gomes, incompatível com um pessoa equilibrada.

Demorou várias horas até que se pudesse investigar o vídeo: Catraca Livre constatou que se tratava de uma montagem.

Mas, a essa altura, o estrago já estava, em parte, feito, disseminando a Fake News pelas redes sociais.

A versão que caiu na rede estaria sem alguns “frames” dando mais velocidade ao gesto do político. A equipe do Catraca Livre analisou as imagens e confirma que houve edição. Confira:

Entenda o caso

O integrante do MBL, Arthur do Val acusou o ex-ministro e pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) de agressão. De acordo com o vídeo publicado pelo youtuber, o político teria dado dois tapas em sua nuca durante a abertura do Fórum da Liberdade, em Porto Alegre, nesta segunda-feira, dia 9

Na entrada do evento, do Val, que é pré-candidato a deputado estadual em São Paulo pelo DEM, pediu para gravar uma entrevista com Ciro, que aceitou a solicitação. “O sequestro do Lula, está dando certo ou deu errado?”, questionou o blogueiro ao sugerir que o ex-ministro tiraria o ex-presidente da cadeia e o exilaria em uma embaixada.

Em seguida, o pré-candidato à Presidência perguntou se o youtuber era “bolsominion”. “Não, sou liberal”, respondeu ele. “E receber o pessoal do [juiz Sergio] Moro na bala?”, continuou do Val. Provocado, Ciro disse que o rapaz era um bobão e encostou a mão em sua nuca antes de sair, mas não é possível saber com que força isso ocorreu.

Quando Ciro se afastou, o blogueiro ainda gritou: “Você acha que eu sou a Patricia Pillar para você bater?” e “Está achando que você tá no Nordeste?”.

Compartilhe: