Mapa reúne 648 pontos de feiras com produtos orgânicos no Brasil

A plataforma Mapa de Feiras Orgânicas é colaborativa e facilita o acesso a alimentos saudáveis em todo o país

Por: Redação
A plataforma foi lançada em 2012 para estimular uma alimentação mais saudável

Quem não gostaria de consumir apenas alimentos orgânicos e livres de agrotóxicos? Melhor ainda seria se estes produtos estivessem ao alcance da população, tanto física quanto monetariamente.

Pensando nisso, o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) lançou na última terça-feira, dia 12, a nova versão do Mapa de Feiras Orgânicas, plataforma colaborativa criada em 2012 com o objetivo de estimular a alimentação saudável no Brasil.

A atualização da ferramenta reúne, no total, 648 pontos de feiras com produtos orgânicos em todo o país. O estado com o maior número de iniciativas catalogadas é São Paulo, com 190.

Agora, o usuário faz a sua busca por região, estado e município, e também usa a opção de localização para ver onde estão as feiras mais próximas. É possível filtrar os projetos por três tipos: feiras orgânicas ou agroecológicas, grupos de consumo responsável e comércios parceiros de orgânicos.

Outra novidade é que o conteúdo foi ampliado e, agora, as pessoas encontram uma seção com 96 receitas de pratos saudáveis e uma biblioteca de mídia, que traz diversos materiais sobre agroecologia, produção orgânica e alimentação.

Para a nutricionista e pesquisadora do Idec, Mariana Garcia, o mapa é uma forma de criar relações mais próximas e saudáveis entre os consumidores e agricultores, estimular a economia local e não prejudicar o meio ambiente.

“Com essa nova versão, buscamos aprimorar a experiência dos usuários. E para que as informações se mantenham atualizadas e corretas, é importante que ocorra a participação e a colaboração de todo”, afirma Garcia.

Além do site, a ferramenta está disponível em aplicativos para Android e iOS.

Alimentação orgânica: pra quê?

De acordo com um relatório do Ministério da Saúde, de 2007 a 2014 foram notificados cerca de 68 mil casos de intoxicação por agrotóxicos no Brasil, o que equivale a uma intoxicação por hora. No mesmo período, as vendas de agrotóxicos aumentaram 90% no país, enquanto a área plantada foi ampliada em apenas 19%.

Com isso, a população está sujeita a um risco maior de exposição a partir da contaminação do meio ambiente, da água, dos alimentos e do trabalho no campo. A agricultura orgânica busca justamente evitar danos à natureza e promover uma alimentação mais saudável, usando práticas diferentes da agricultura convencional.

  • Veja mais:

Compartilhe: