Marcha da Maconha pede legalização da produção e uso da erva

Evento abre espaço para a manifestação de forma livre e democrática a respeito das políticas e leis sobre drogas

Por: Redação
Divulgação
Concentração para o evento acontece no Arco da Redenção

No dia 16 de maio, Porto Alegre sedia mais uma edição da Marcha da Maconha, evento promovido pelo Coletivo Marcha da Maconha Brasil, grupo de indivíduos e instituições que trabalham de forma majoritariamente descentralizada, em movimento pacífico e legítimo pela legalização da produção, distribuição e uso da planta no Brasil.

O evento tem início marcado marcado para as 16h20, no Arco da Redenção. A participação é Catraca Livre.

As responsabilidades do Coletivo Marcha da Maconha Brasil restringem-se às atuações de manter o site, o fórum e dar apoio na divulgação dos eventos locais. As responsabilidades pelas edições de cada cidade são dos organizadores locais.

Em Porto Alegre, o evento acontece desde 2006. É uma caminhada de quase dez anos de todos os gaúchos que não concordam com a política de drogas vigente no país e, por isso, trazem para discussão a necessidade de mudança deste cenário.

Compartilhe: