Últimas notícias:

Loading...

Marido de Bela Gil se declara negro e web questiona

João Paulo Demasi está concorrendo a uma vaga de vereador em São Paulo pelo PSOL

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O marido da apresentadora Bela Gil, o empresário João Paulo Demasi, causou polêmica e recebeu ataques nas redes sociais por se declara como preto em seu cadastro eleitoral.

João Paulo Demasi está concorrendo a uma vaga de vereador em São Paulo pelo PSOL.

Bela Gil
Crédito: Reprodução/TwitterMarido de Bela Gil se declarou como preto em seu cadastro eleitoral

Mesmo sem ter o fenótipo –cor da pele, cabelo, boca e nariz–, o empresário afirma que esses traços não definem sua identidade.

Um dos ataques partiu de Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares. Ele publicou uma foto sua ao lado Demasi e disse: “Não basta ter a ‘percepção’. É preciso ser preto! A exploração política da pele negra pela esquerda precisa acabar”.

Em outra postagem no Twitter, Sérgio Camargo disse que João Paulo Demasi era o “preto de Taubaté”.

“Esse preto de Taubaté, marido da Bela Gil e candidato a vereador em São Paulo, insulta também os brancos ao renegar a própria cor, como se ela fosse um demérito”.

Em entrevista à Folha no final de setembro, o marido de Bela Gil disse que a percepção de ser negro era dele, e não do fenótipo imposto pela sociedade.

“Não é meu nariz, minha boca, meu cabelo que me identificam. Isso tem que mudar até pela educação. A identidade é uma percepção minha, não sua. Minha mãe é negra baiana. Eu era o menino preto numa escola de brancos. Eu sofri. Vi minha mãe chorar e chorei pela minha mãe. Ouço ‘só podia ser preto’ desde os 12 anos. Me identifico preto desde criança”.

Candidaturas de pessoas negras

Após a determinação de divisão proporcional de recursos eleitorais para candidaturas de pessoas negras e pessoas brancas, o perfil dos candidatos sofreu mudanças: 40% deixaram de se declarar brancos e passaram a se ver como pretos ou pardos em 2020.