Médico chama feto de lixo e mãe posta foto para contestar

O médico disse que o feto poderia ser descartado como "lixo hospitalar"

Por: Redação | Comunicar erro

Após a 14ª semana de gravidez, a norte-americana Sharran Sutherland, de 40 anos, perdeu seu bebê. O coração de Miran parou de bater, ele media 10 centímetros e pesava 26 gramas. Foi então, que o médico indicou o procedimento de curetagem e disse que o feto poderia ser descartado como “lixo hospitalar” ou ser levado a uma casa funerária.

Indignada, Sharran decidiu que que o filho “nasceria” naturalmente. O parto no dia  23 de abril, 173 dias antes da data prevista. Foi emitida uma certidão de nascimento não oficial, pois nos Estados Unidos para ser reconhecido como bebê, a gestação precisa estar ao menos na 20ª semana.

Crédito: Reprodução/FacebookO feto ganhou uma espécie de certidão não oficial

Para mostrar que o feto não se tratava de “lixo hospitalar”,  os pais o colocaram em um vaso com flores como um ato simbólico. Ao site Mirror, a mãe contou que: “Ele só precisava continuar a se desenvolver. Aquilo acabou comigo. Foi um sentimento incrível, muito difícil de descrever. Embora ele tivesse morrido, tive a chance de segurá-lo como bebê. Fiquei grata por aquilo”. A história foi postada no Facebook de Sharran no dia 12 de outubro, data prevista para o nascimento, como forma de mostrar o significado de Miran para a família e que de forma alguma um feto pode ser tratado como “lixo hospitalar”.

Crédito: Reprodução/FacebookSharran posta foto do feto que media 10 centímetros e pesava 26 gramas

Compartilhe:

1 / 8
1
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …
2
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
3
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
4
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
5
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
6
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
7
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
8
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …