Memória LGBT no Museu de Favela Pavão, Pavãozinho e Cantagalo

Projeto inédito no Brasil desenvolverá ações que promovam a memória de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais residentes na comunidade do Pavão, Pavãozinho e Cantagalo no Rio de Janeiro.

O Projeto Memória LGBT no MUF está sendo desenvolvido através de uma parceria entre Museu de Favela Pavão, Pavãozinho e Cantagalo – MUF com a Revista Memória LGBT – RMLGBT em comemoração aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, tal proposta foi contemplada no II Programa de Fomento à Cultura Carioca. A iniciativa contemplará rodas de memória, oficinas, formações, exposição, publicações da RMLGBT, apresentações artísticas e Mapeamento e Inventário do Patrimônio Cultural LGBT na Favela.

A Organização não governamental Museu de Favela Pavão, Pavãozinho e Cantagalo foi criada em novembro de 2008. A iniciativa nasceu de um encontro de ideias e anseios de moradores da região que viam na ação museológica de preservação uma saída para a valorização da localidade. O MUF possui como uma das principais iniciativas em memória e museologia social o circuito das casas-telas que narram a história de vida da comunidade. Tais casas estão por todo o percurso, com muitas cores, vida e alegria. Atualmente, uma das principais demandas desta comunidade são ações que visibilizem a memória LGBT dos moradores deste território, bem como, ações pautadas nas diretrizes dos direitos humanos.

A Revista Memória LGBT – RMLGBT é um periódico digital colaborativo que tem como premissa a salvaguarda e a comunicação da memória LGBT. Tal iniciativa atende a uma demanda e direito contemporâneo em superação a homo-lesbo-transfobia e a ausência do protagonismo LGBT em museus e espaços de memória. Desta forma, a RMLGBT em seu formato virtual, colaborativo e compartilhado pretende atender demandas que promovem a memória de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais

As atividades do Projeto Memória LGBT no MUF serão realizadas na sede do Museu de Favela em Ipanema – Cantagalo e abertas ao público a partir de abril. Trata-se de ações pró-memória, garantido o acesso, fruição e democratização da memória, cultura, educação e saúde, bem como, garantir a cidadania plena a lésbicas, gays, transexuais e travestis, além de, ser uma possível ferramente para superar a homo-lesbo-transfobia na favela e na cidade do Rio de Janeiro. Destaca-se as atividades que serão oferecidas; Abertura da Exposição Memória LGBT no MUF; Oficinas de Mapeamento; Formações temáticas; Publicações em formato de revista impressas e digitais apresentando o Patrimônio Cultural LGBT na Favela.

1 / 8
1
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …
2
03:36
A mentira do “Sistema” que dificultaria o governo de Bolsonaro
Em uma mensagem divulgada pelo Whatapps na última semana, Bolsonaro disse que o Brasil é "ingovernável" sem "conchavos" e destacou …
3
02:18
Entenda a balbúrdia de Bolsonaro com as manifestações de rua
Um manifestação em apoio ao governo de Jair Bolsonaro e de sua agenda de reformas está marcada para o próximo …
4
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
5
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
6
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
7
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
8
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …