Menina de 12 anos cria biblioteca comunitária no sertão baiano

Quem lê, viaja: com apenas 12 anos, jovem estudante de Conceição do Coité (BA) arrecadou acervo por meio de campanha no Whats App; confira esta história

Por: Redação

Na cidade de Conceição do Coité, no interior  da Bahia, uma menina de só 12 anos construiu uma biblioteca popular, inspirada pelo desejo de espalhar o prazer da leitura.

O que era um antigo posto telefônico se transformou num promissor espaço de leitura na cidade de quase 70 mil habitantes, a 210 quilômetros da capital Salvador.

Para dar vida ao projeto, lançou uma campanha de arrecadação de livros pelo aplicativo WhatsApp. A iniciativa garantiu um acervo que conta com desde de livros didáticos a populares clássicos da literatura brasileira.

Reprodução
Com quase 68 mil habitantes, Conceição do Coité está a 210 km de Salvador

Exemplo de cidadania e consciência social, a jovem teve no apoio do avô, Guiofredo Pereira, presidente da associação de moradores local, o principal incentivo para tornar seu sonho realidade. E com a ajuda da diretora da escola municipal, Simone Nascimento, tem ajudado a transformar a realidade da população local, plantando sabedoria e conhecimento.

  • Biblioburro leva livros aos povoados perdidos da Colômbia
  • Compartilhe: