Metade da nova equipe da NASA é composta por mulheres

Após o anúncio, alguns internautas escreveram comentários machistas sobre a escolha da equipe

Por: Redação

Pela primeira vez na história, metade da equipe de astronautas recrutada pela NASA (Agência Espacial Norte-americana) é formada por mulheres. As escolhidas são: Anne McClain, 36, Christina Hammock Koch, 37, Nicole Aunapu Mann, 38, e Jessica Meir, 38. O objetivo é que algumas delas façam parte da missão tripulada que a agência espacial americana pretende enviar para Marte em 2030.

A viagem de 56 milhões de quilômetros da Terra até Marte deverá durar pelo menos nove meses. E a missão é das maiores: devido à descoberta de evidências de água líquida no planeta, a equipe será responsável por colaborar estudos científicos importantes.

As mulheres representam 50% da nova equipe da NASA

Para lidar com a tarefa, os astronautas têm que estar nas melhores condições possíveis. No processo seletivo feito pela NASA em 2015, algumas das exigências eram que os candidatos tivessem cidadania norte-americana; diploma nos campos de ciência, tecnologia, engenharia ou matemática; mais de três anos de experiência nessas áreas; condições físicas para participar dos treinos, e o mais importante: paixão pela ciência.

De acordo com informações da revista Glamour, as astronautas da mais nova turma foram selecionadas entre seis mil candidatos e passaram dois anos treinando com jets supersônicos, mergulho em grandes profundidades e voos de avião em altas velocidades.

Até hoje, cerca de 350 astronautas americanos já estiveram no espaço, enquanto as mulheres não chegam a ser um terço desse número. Após o anúncio da turma composta 50% por mulheres, alguns internautas escreveram comentários machistas e desrespeitosos sobre a escolha nas redes sociais.

Compartilhe: