Milionária italiana compra barco para ajudar imigrantes

Veja também iniciativas que ajudam imigrantes no Brasil

Por: Redação
Reprodução, Facebook
Crédito: Peter MerciecaBarco da fundação MOAS

A empresária italiana Regina Catrambone comprou um barco e o equipou para missões de resgate para possíveis náufragos de imigrantes que tentam cruzar o mar Mediterrâneo.

Ela também criou a Fundação MOAS (Estação de Ajuda aos Imigrantes no Mar, na tradução livre).

Com a ajuda de seu marido, Christopher, ela adaptou o ex-pesqueiro Phoenix 1 com lanchas, drones e material de sobrevivência. Assim que um bote de imigrantes é avistado, as lanchas enviam alimentos, remédios e kits de sobrevivência.

Eles não podem levar os imigrantes para a terra devido às leis de imigração da Itália.

A empresária tomou a decisão após avistar um bote quando estava navegando em um cruzeiro e ouvir as daclarações do papa Francisco, que classificou a morte dos milhares de imigrantes como uma “vergonha”.

Cemitério à mar aberto

O sul da costa italiana é uma das principais entradas de imigrantes para a Europa. Eles costumam realizar a travessia em barcos precários e superlotados.

Segundo dados da Agência Européia de Fronteiras, cerca de 153 mil imigrantes cruzaram o mar Mediterrâneo e mais de 3 mil morreram entre janeiro e outubro de 2014.

Reprodução/ Wikipedia
Imagem ilustrativa

Compartilhe: