Últimas notícias:

Loading...

Ministro da Educação erra no português e internet não perdoa

Por: Redação

Em entrevista à Globo News na semana passada, o ministro da Educação, Mendonça Filho, errou no português e a internet não perdoou o deslize do político. “Haverão mudanças, mas essas mudanças não ocorrerão em um curto prazo”, disse ele, ao responder sobre as propostas paro o novo Enem.

O plural do verbo haver, de acordo com a regra da língua portuguesa, é considerado impessoal, ou seja, não tem sujeito. Sendo assim, usa-se haver (no sentido de ocorrer) sempre no singular. O correto então seria: “haverá mudanças”.

Lula Marques/Fotos Públicas
Crédito: LULA MARQUESMinistro da educação, Mendonça Filho, durante cerimônia de lançamento do novo ensino médio

A palavra “haverão” não passou despercebida nas redes sociais: