Motorista avança sobre ocupação do MST em Valinhos e mata idoso

O caso ocorreu durante uma manifestação em frente ao acampamento Marielle Vive

Por: Redação | Comunicar erro
manifestação do MST
Crédito: Marília Fonseca / Reprodução / Facebook MSTOs moradores do acampamento protestavam contra a prefeitura no momento do ocorrido

Um motorista avançou com uma caminhonete sobre moradores de uma ocupação do Movimento Sem Terra (MST) em Valinhos (SP) na manhã desta quinta-feira, 18.

O caso ocorreu durante uma manifestação em frente ao acampamento Marielle Vive. Um homem de 72 anos morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas, entre elas um jornalista que cobria o ato.

Após o ocorrido, Polícia Militar, Guarda Municipal e Polícia Civil foram para o local. O suspeito fugiu depois do atropelamento e ainda não foi localizado.

Cerca de 400 moradores da ocupação do MST iniciaram o protesto contra a prefeitura às 7h. A estrada permaneceu bloqueada e o trânsito só foi liberado às 11h15.

Na manifestação, realizada na Estrada dos Jequitibás, os moradores pediam fornecimento de água e assistências escolar e de saúde. Segundo a Prefeitura de Valinhos, os serviços de educação e saúde da ocupação estão sendo oferecidos desde o início do ano após medida judicial.

Os manifestantes tentaram ir atrás do motorista, mas ele mostrou que estava armado. A Polícia Civil informou que vai apurar todas as informações e busca imagens do momento do atropelamento.

Veja abaixo a nota do MST

“Na manhã desta quinta-feira (18), as famílias do Acampamento Marielle Vive em Valinhos (SP), integrantes do MST realizavam uma manifestação com entrega de alimentos na Estrada do Jequitibá, Km 07, em frente ao Acampamento, quando foram surpreendidas por um homem com uma caminhonete em alta velocidade que jogou o veículo contra os manifestantes. Existem vários feridos e uma pessoa infelizmente foi a óbito, o senhor Luiz.

A manifestação tinha como objetivo uma questão humana básica: pressionar a prefeitura por fornecimento de água. As famílias também lutam pelo direito de Reforma Agrária.

O Acampamento conta com mais de mil famílias e existe desde o dia 14 de abril de 2018 na Fazenda Eldorado Empreendimentos Ltda.

Exigimos punição imediata a este assassino, que age sob o clima de terror contra os movimentos populares, incentivado por autoridades irresponsáveis que estão no governo brasileiro.”

#BastaDeViolênciaNoCampo 🛑 Hoje, pela manhã, o Sem Terra Luiz Ferreira da Costa, de 72 anos, foi assassinado e dezenas…

Posted by MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra on Thursday, July 18, 2019

Compartilhe:

1 / 8
1
02:40
Partículas de queimadas são encontradas em água de chuva em SP
O fenômeno que atingiu São Paulo na última segunda-feira, 19, e transformou o dia em noite em diversas regiões do …
2
03:36
Nem os eleitores de Bolsonaro concordam com a indicação de Eduardo
Em meio às polêmicas que dão o tom nos primeiros oito meses do governo Bolsonaro, uma pesquisa recente mostra que …
3
02:07
Catraca Livre e MBL promovem debate sobre a política nacional
Para fortalecer a construção de um debate democrático, a Catraca Livre vai promover, nesta sexta-feira, dia 23, às 12h30, um …
4
05:46
Os melhores tipos de música que ajudam na gravidez
A partir do sexto mês de gestação, a criança já tem audição definida. Quais são os estímulos e efeitos que as …
5
03:26
Frota reconhece uso de ‘fake news’ na eleição de Bolsonaro
Na última edição do Roda Viva, da TV Cultura, o deputado federal Alexandre Frota (PSL) revelou que sabia sobre o …
6
04:24
Jatinhos: Bolsonaro ataca Huck, mas não fala nada de Hang
Após receber críticas de Luciano Hulk, o presidente Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento que o apresentador  recebeu do BNDES …
7
04:15
Bolsonaro recuará na indicação de Eduardo para embaixada ?
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admite, pela primeira vez, a possibilidade de não indicar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, …
8
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …