Aprenda a fazer sua própria cisterna gastando muito pouco

A água da chuva pode ser usada para fins não potáveis, como lavar piso, carros, irrigar plantas e descarga de vaso sanitário

Por: Redação | Comunicar erro
Reprodução/ Pinterest
Ideia é incentivar pessoas a construírem as próprias cisternas

Pensando em empoderar os cidadãos e criar uma alternativa emergencial para a crise d’água de São Paulo, surgiu o Movimento Cisterna Já -iniciativa independente que pretende promover o reaproveitamento da água da chuva.

O grupo é composto por pessoas ligadas à permacultura e desde de agosto vem buscando soluções para a questão.

Esse vídeo mostra como é simples e barato construir uma pequena cisterna. Quem apresenta é Edison Urbano, criador do site Sempre Sustentável

Claudia Visoni, uma das criadoras da iniciativa, explica que as cisternas foram identificadas como a ação mais simples e imediata, pois qualquer pessoa pode construí-las.”Afinal, se os reservatórios não dão conta do abastecimento, segurar a água que cai do céu é uma solução”, conta.

Reprodução/ Pinterest
Movimento disponibiliza manuais e realizará oficinas e mutirões para captação da água da chuva

Como nas grandes cidades, a água da chuva é escoada muito rapidamente e, em contato com o chão ou esgoto, todo esse potencial é perdido.

Veja aqui como construir a sua própria cisterna.

Projeto

A ideia do movimento não é fazer a cisterna para ninguém, afinal o grupo não possui condições para isso.

O grupo pretende realizar mutirões para ensinar a construção das cisternas. O primeiro evento acontecerá no dia 9 de novembro, no Festival da Praça da Nascente, com horário a confirmar.

reprodução
Manual para construção de mini cisterna caseira

Na página do grupo, já é possível encontrar manuais para construção de cisternas, locais onde encontrar os produtos, além de outras referências. Acesse aqui.

Sobre a crise

Para Claudia, a crise é um bom momento para revermos o modelo centralizado de recursos. “No passado, a humanidade não era assim. As fontes de energia, água e alimentos eram pulverizadas. Hoje, jogamos na mão do estado e das empresas prover todos os recursos e estamos entrando em colapso”, conta.

“É preciso rever esse modelo de toda energia sair de Belo Monte e toda a água sair da Cantareira. Não está dando certo.  E se transformássemos esse investimentos em painéis solares e cisternas? Resolveríamos o problema sem devastar nada”, comenta.

Compartilhe:

Tags: #Água
1 / 8
1
02:33
Foto de manifestantes nus contra Bolsonaro é falsa
A foto de uma suposta manifestação de pessoas peladas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  que viralizou nas redes …
2
01:37
Lobão rompe com Bolsonaro: “Esse cara não me representa”
Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o cantor e compositor Lobão falou sobre sua decepção com Jair Bolsonaro e …
3
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
4
03:41
Manifestação releva descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
5
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …
6
03:36
A mentira do “Sistema” que dificultaria o governo de Bolsonaro
Em uma mensagem divulgada pelo Whatapps na última semana, Bolsonaro disse que o Brasil é "ingovernável" sem "conchavos" e destacou …
7
02:18
Entenda a balbúrdia de Bolsonaro com as manifestações de rua
Um manifestação em apoio ao governo de Jair Bolsonaro e de sua agenda de reformas está marcada para o próximo …
8
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …