Movimento Passe Livre divulga ato contra o aumento da passagem

Manifestação deve ocorrer na quinta-feira, 10, em frente ao Theatro Municipal

Por: Redação
Andar de ônibus em São Paulo ficou mais caro a partir desta segunda-feira, passando de R$4 para R$4,30.
Crédito: Cesar Ogata / SECOMPasse Livre marca protesto conta o aumento da passagem em São Paulo.

O  valor da passagem de ônibus foi reajustado nesta segunda-feira, 7, passando de R$4 para R$4,30 em São Paulo. Contra o aumento da tarifa, o Movimento Passe Livre divulgou que fará um ato para protestar a mudança, que subiu acima da inflação de 2018.

De acordo com eles, mais uma vez a população pagará mais caro por um serviço que o movimento julga não ter a qualidade necessária para atender os usuários. Além disso, eles também destacam que com o cenário econômico – que conta com uma alta taxa de desemprego – muitos não terão condições de arcar com o novo valor.

Em nota divulgada no dia 29 de dezembro, a Prefeitura de São Paulo justificou que por dois anos, em 2016 e 2017, a tarifa não sofreu qualquer mudança e isso impactou significativamente o orçamento da cidade. Por isso, o reajuste é necessário para ” reduzir o desequilíbrio do sistema”.

A manifestação divulgada pelo Movimento Passe Livre através de um evento no Facebook  está agendada para a próxima quinta-feira, 10, às 17h. A concentração será em frente ao Theatro Municipal, na Praça Ramos de Azevedo.

Metrô e trens da CPTM

O governo de São Paulo também divulgou que a partir do próximo domingo,13, a passagem de metrô e trens da CPTM vai subir de  R$4 para R$4,30. A integração entre os transportes públicos mudará de R$ 6,96 para R$ 7,48.