Movimento pede troca de foto embranquecida de Machado de Assis

Abaixo-assinado reúne quase 10 mil apoiadores para que editoras deixem de retratar escritor negro como branco

Por: Change.org (Oficial) | Comunicar erro

Você sabia que o considerado maior escritor da literatura brasileira, Machado de Assis, era negro? É bem provável que não, isso porque até hoje as editoras de livros retratam o autor como se ele fosse branco. Para corrigir essa injustiça racial, o movimento #MachadodeAssisReal criou um abaixo-assinado, na plataforma Change.org, pedindo que as imagens embranquecidas sejam substituídas.

machado de assis retratado como branco e ele como é, negro
Crédito: DivulgaçãoAté hoje as editoras de livros retratam Machado de Assis como se ele fosse branco

Até o momento, a petição conta com 9,8 mil assinaturas. O abaixo-assinado e o movimento foram idealizados pela Faculdade Zumbi dos Palmares, que denuncia mudança da cor da pele e distorção dos traços de Machado de Assis com a intenção de fazê-lo ser “reconhecido pela elite cultural”. O reitor da instituição, o professor doutor José Vicente explica a importância dessa correção para a história do país.

“Essa retratação tem um valor histórico e político incomensurável e mesmo libertador”, afirma José Vicente. “Faz conhecer a todos que umas das maiores personalidades da história da literatura brasileira, é um negro e, cujo passado, trajetória de luta, superação e resiliência se assemelha à maioria dos negros do país. Liberta a todos do equívoco , do erro e do engodo”, ressalta o professor.

Em seu site, o movimento disponibiliza uma foto do escritor, recriada com base em dados históricos, para que os leitores a imprimam e colem sobre a imagem infiel à realidade que está retratada nos livros. A versão corrigida respeita os verdadeiros traços e tom de pele do jornalista, cronista e poeta brasileiro, preservando sua origem.

O site convoca, ainda, os leitores a assinarem a petição para que editoras e livrarias parem de imprimir, publicar e comercializar materiais em que a imagem do escritor aparece embranquecida, bem como a substituam pela fidedigna. De acordo com José Vicente, o abaixo-assinado que está aberto pode trazer mais força à mobilização.

“[A petição traz] um peso fantástico e decisivo porque expressa o engajamento, a solidariedade, o apoio e a convergência maciça do povo brasileiro com o sentido de justiça e reparação histórica de que o personagem faz jus e que a campanha simboliza”.

Crédito: DivulgaçãoO professor doutor José Vicente é fundador e reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares

Segundo o movimento Machado de Assis Real, a “errata histórica” colocaria fim a um absurdo que mancha a história do país e fere a comunidade negra. Para o reitor e fundador da instituição comunitária de ensino superior, a retratação permite a reformulação de juízos e valores e torna o escritor uma importante referência à comunidade negra do país.

“Estabelece e confirma que o negro é portador de saberes, habilidades e competências extraordinárias e grande potência como gênio inventivo, criador e transformador”, ressalta. “Eleva a autoestima, gera modelo a ser admirado e seguido, transforma-se em referência positiva. Promove e eleva o sentimento de orgulho, honra e  entusiasmo e empoderamento para toda a comunidade negra do Brasil”, completa.

O movimento, que é resultado de uma parceria entre a faculdade e a agência Grey Brasil, ainda conta com o apoio de organizações como o Quilombhoje, de incentivo à literatura de autoras e autores negros.

Repercussão

O abaixo-assinado e o movimento foram criados em abril, mesmo mês em que o Dia Mundial do Livro é comemorado (23/4). A campanha lançou a hashtag #MachadodeAssisReal, que logo ganhou repercussão nas redes sociais. Imagens de capas de livros com a foto real colada sobre a embranquecida circulam pela internet.

Crédito: Rede socialLeitores estão colando a imagem retratada sobre a embranquecida

Na página da petição, na Change.org, usuários que assinam o manifesto declaram o quanto a correção história é importante na luta contra o racismo. O usuário Antonio Robson de Sousa, por exemplo, enfatiza que ações afirmativas como essa “não permitem que a identidade de um povo seja apagada”.

Já Ana Paula Gurgel, que também apoiou o abaixo-assinado, deixou um comentário destacando a relevância da representativa negra como um dos motivos para assinar a petição. “É importante a representatividade negra, principalmente em se tratando de um símbolo nacional como Machado de Assis, para que mais pessoas saibam que podem alcançar sucesso independente de sua raça”.

Compartilhe:

Autor: Change.org (Oficial)

O maior portal de petições online do Brasil. São 280 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países e 19 milhões só no Brasil. Instagram: https://www.instagram.com/changeorg_br/

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Change.org Brasil da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
2
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
3
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
4
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …
5
04:12
Netflix: ‘The Family- Democracia Ameaçada’ revela grupo secreto
A minissérie "The Family: Democracia Ameaçada", que pode ser vista na Netflix, mostra questões que te farão pensar em uma …
6
02:29
Operação Lava Jato ignora repasse suspeito de Paulo Guedes
Uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que a Operação Lava Jato poupou o ministro da Economia, …
7
02:40
Partículas de queimadas são encontradas em água de chuva em SP
O fenômeno que atingiu São Paulo na última segunda-feira, 19, e transformou o dia em noite em diversas regiões do …
8
03:36
Nem os eleitores de Bolsonaro concordam com a indicação de Eduardo
Em meio às polêmicas que dão o tom nos primeiros oito meses do governo Bolsonaro, uma pesquisa recente mostra que …