Últimas notícias:

Loading...

MP chama equipe de Doria para explicar ação da GCM na cracolândia

Com informações do repórter Thiago Amâncio, da 'Folha de S. Paulo'

Por: Redação

O Ministério Público de São Paulo convocou para a próxima segunda-feira, 9, o secretário municipal de Segurança Urbana da capital, José Roberto Rodrigues de Oliveira e o comandante da Guarda Civil Metropolitana, Adelson de Souza, para esclarecer a ação da GCM realizada no último dia 28 na região conhecida como cracolândia, no centro de São Paulo.

Bombas foram jogadas em direção aos usuários de drogas e moradores do entorno durante a limpeza do local. A pasta confirmou que os intimados vão comparecer ao chamado da Promotoria. As informações são do repórter Thiago Amâncio, da “Folha de S. Paulo“.

Praça Princesa Isabel, na região central de São Paulo

Quem frequenta a região relatou à “Folha” que foram encurralados na tenda Atende 1, da prefeitura, foram agredidos e sujeitos a revista íntima, aquela que obriga o revistado a ficar nu. A prefeitura negou a realização da revista íntima e disse que instaurou investigação para apurar possíveis abusos.

Desde o dia 21 de maio, a região da cracolândia sofre com ações do poder público que remove lixo e o que mais houver no local, como as barracas dos dependentes químicos. Nessas limpezas é que geralmente ocorrem os conflitos.

  • Veja também: