Mulher deixa roupas do marido em banco após traição e vídeo viraliza

"Cheguei no meu limite. Eu fico arrasada pensando em tudo que larguei nesses 15 anos, larguei faculdade, emprego porque engravidei", afirmou a mulher

Por: Redação

Uma mulher deixou as roupas do marido na agência do banco em que ele trabalhava após descobrir uma traição e o vídeo gravado por ela mesma, viralizou nas redes sociais. O caso aconteceu nesta quarta-feira, 21, em Rio Branco, no Acre. A amante também trabalhava na mesma loja.

Nas imagens, a mulher de 35 anos, que não quis se identificar, chega na agência bancária de Rio Branco, com dois sacos de lixo com as roupas do marido traidor.

mulher banco traição vídeo
Crédito: Reprodução/G1Mulher deixa roupas do marido em banco após traição e vídeo viraliza

Em tom de deboche, ela diz que foi deixar as roupas do homem para a amante.  Ao entrar na agência com os sacos cheios de roupa, ela pede atenção de todos.

“Bom dia, gente, vocês podem não estar entendendo, mas o meu marido, a pessoa que eu convivia há 15 anos me traiu, ele trabalha aqui e foi com uma funcionária daqui. Eu como sou uma boa dona de casa, uma boa mãe e uma boa ‘corna’, vim devolver as roupas todinhas. As roupas que eu comprei, porque eu ajudo ele em casa, ele não me sustenta, ajudo ele”, começa falando.

Segundo a mulher contou ao portal ‘G1’, ela mesmo pediu que gravassem o vídeo e como uma forma de desabafar. Ela ainda contou que descobriu a traição depois de encontrar e-mails no celular do marido.

‘Cheguei no meu limite’

“Não tem volta, cheguei no meu limite. Eu fico arrasada pensando em tudo que larguei nesses 15 anos, larguei faculdade porque engravidei, larguei emprego e no meu terceiro filho eu tinha certeza que não ia conseguir conciliar emprego e os meninos. Levei as roupas limpas, passadas, tudo limpo, mas isso não era ele quem fazia, não tínhamos empregada, era tudo a escrava aqui”, desabafou a mulher ao portal.

“Ele tirava dinheiro de casa para dar pra amante, pagou até consórcio da moto dela. Eu nunca fiz uma reserva, eu estava desesperada, não sabia pra onde ir. Não tem nem um viaduto onde eu posso ir, porque a mulher de verdade, se esforça, eu sou órfã de mãe e órfã de um pai vivo, não tenho irmãos, o canto que tenho é aqui mesmo. Ainda bem que minha sogra disse que essa era minha casa e que eu ficaria aqui”, finalizou.

Ela que tem três filhos com o homem,contou que foi levada para a delegacia após deixar as roupas na agência, mas lá só foi orientada a recomeçar a vida.

1
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
2
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
3
Denúncia contra Glenn Greenwald é um ataque à liberdade de imprensa?
Uma denúncia realizada pelo Ministério Público Federal foi vista como um ataque direto à liberdade de imprensa no Brasil. O …
4
9 pontos polêmicos que Sergio Moro se esquivou no Roda Viva
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o primeiro entrevistado da nova temporada do programa Roda Viva, …
5
‘Noivado’ de Regina Duarte com Bolsonaro divide opiniões
“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais …
6
A queda: entenda a polêmica que custou o cargo de Roberto Alvim
Após praticamente reproduzir um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels, o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, protagonizou uma polêmica que …
7
Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro
Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses …
8
Anarquia da ponte pra lá: a história do punk na periferia de SP
Autor do livro My Way, Valo Velho é história viva da cena anarcopunk de São Paulo. A Catraca Livre foi até …