Informar

Mulher vence ação para recuperar bens doados à Igreja Universal

Carla Dalvitt alega ter sido coagida pelo grupo religioso

Por: Redação | Comunicar erro
Igreja Universal do Reino de Deus

Com informações da BBC Brasil

Carla Dalvitt venceu uma ação judicial contra a Igreja Universal do Reino de Deus, após ter todos os seus bens retidos pela congregação religiosa, na cidade de Lajeado, no interior do Rio Grande do Sul.

A gaúcha resolveu procurar ajuda espiritual por estar enfrentando problemas financeiros e alegou ter sido coagida a doar a ela tudo o que tinha, no ritual chamado “Fogueira Santa”.

Arrependida de ter entregado a loja de onde tirava o sustento de sua família e o seu carro, a moça tentou pegar tudo de volta. Mas foi em vão.

De acordo com a BBC Brasil, com isso, Carla e seu marido entraram na Justiça pedindo uma indenização por danos morais.

A igreja, que foi condenada a pagar R$20 mil ao casal em 2012, recorreu da decisão, e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) recusou o pedido do grupo religioso.

Ainda segundo a publicação, a Igreja Universal divulgou uma nota dizendo que “o dízimo e todas as doações recebidas pela Universal seguem orientações bíblicas e legais, e são sempre totalmente voluntários e espontâneos”.

Leia a matéria na íntegra no site da BBC: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-43325773

Leia também:

Igreja Universal vai pagar R$ 575 milhões à Record por horários

Compartilhe: