Últimas notícias:

Loading...

Mulheres recebem treinamento gratuito de defesa pessoal

O Krav Maga foi criado para que qualquer pessoa possa se defender usando técnicas simples e eficazes

Por: Redação
  • No Brasil, a taxa de homicídios de mulheres é de 4,8 para 100 mil mulheres – a quinta maior no mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS);
  • Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a cada 11 minutos e 33 segundos uma mulher é estuprada no Brasil.

Os dados citados acima mostram que a violência contra a mulher ainda é naturalizada na sociedade. Por isso em referência ao Dia Internacional da Mulher, a Federação Sul Americana de Krav Maga (FSAKM) oferece, nos dias 11 e 12 de março, treinamentos gratuitos em defesa pessoal no estado de São Paulo.

Os encontros são destinadas às mulheres maiores de 14 anos, independentemente de preparo físico ou de habilidade para artes marciais e esportes. A ideia é evidenciar a importância do combate à violência e mostrar que as participantes podem ser ativas na prevenção desse tipo de problema.

As aulas são destinadas apenas para mulheres

“Nosso objetivo é que as mulheres percebam que elas podem se prevenir contra a violência, mudando a forma com que elas lidam com o medo e com sua autoestima”, afirma o israelense Grão-Mestre Kobi Lichtenstein, introdutor do Krav Maga no Brasil e fundador da FSAKM.

Desenvolvido em Israel na década de 40, por Imi Lichtenfeld, o Krav Maga não é uma arte marcial e sim a única modalidade reconhecida mundialmente como arte de defesa pessoal. Foi criado para que, a partir do treinamento adequado, qualquer pessoa possa se defender de um ou mais agressores, armados ou não, usando técnicas simples e eficazes.

Em 2016, mais de 5 mil mulheres passaram por esse treinamento e para este ano a expectativa é ainda maior. As aulas serão realizadas em diversos estados brasileiros simultaneamente, assim como no Peru e na Argentina, onde a FSAKM tem instrutores habilitados.

Para obter mais informações sobre as novas turmas e agendar uma aula gratuita, acesse o site da federação.

  • Veja os pontos de treinamentos em São Paulo. Para participar, é preciso fazer a inscrição com antecedência por e-mail:

Moema – 11/03 – 14h30 – [email protected]

Tatuapé – 11/03 – 13h – [email protected]

Ipiranga – 11/03 – 9h – [email protected]

Santo Amaro  11/03 – 13h30 – [email protected]

Guarulhos – 12/03 – 9h – [email protected]

Sorocaba – 11/03 – 9h – [email protected]

Campinas – 11/03 – 9h – g[email protected]

Ribeirão Preto – 11/03 – 9h – [email protected]

Osasco – 12/03 – 11h – [email protected]

Mogi das Cruzes – 11/03 – 10h – [email protected]

Santos – 12/03 – 10h – [email protected]

Santo André – 11/03 – 14h30 – [email protected]

  • Andar pelas ruas e ouvir um comentário obsceno sobre o seu corpo é um elogio? Ouvir uma cantada no ambiente de trabalho é algo natural? A resposta para essas perguntas é NÃO. Tudo isso é assédio sexual. Veja aqui como denunciar.
?>