Torne-se sócio do Clube do Nadismo e não faça nada

Movimento foi criado pelo designer Marcelo Bohrer, natural de Porto Alegre

Por: Redação

Na era do stress, do trabalho e da falta de tempo, ficar sem fazer nada parece luxo ou vagabundagem. Mas não é. O Clube do Nadismo surgiu para lembrar as pessoas que dar uma pausa para si mesmo é vital para a saúde e todos temos o direito de ficar sem fazer nada sem sentir-se culpado.

Divulgação
A caixa branca foi criada para ajudar as pessoas que não conseguem relaxar

O grupo foi criado com o objetivo de divulgar esse conceito e criar momentos para oferecer a oportunidade de ficar sem fazer nada. Eles acontecem pelo menos uma vez por mês em parques, com locais reservados e tranquilos. As atividades são gratuitas.

Para participar das atividades, basta se associar gratuitamente no site. A programação é enviada por email.

Também é possível virar um embaixador do Nadismo em sua cidade, basta inscrever-se no link.

Histórico

O nadismo foi criado pelo designer Marcelo Bohrer em 2006, após sofrer uma crise de stress. Pouco tempo depois, ele fundou o Clube do Nadismo no Brasil. O designer também lançou o livro “Nadismo- Uma Revolução Sem Fazer Nada”, que já foi traduzido para o inglês.

Hoje o clube tem mais de sete mil sócios espalhados pelo Brasil e em oito países. Os “nadistas” já realizaram encontros internacionais e oferecem workshops. Mais informações na página do coletivo.

Compartilhe:

Tags:#Saúde