Nível do mar em Santos subirá 18 cm até 2050 aponta pesquisa

Elevação do nível do mar, causado pelo aquecimento global, poderá impactar a vida de mais de 100 mil moradores da cidade

Por: Redação Comunicar erro

A 70 quilômetros de São Paulo, a cidade de Santos é tema de um estudo sobre a subida do nível do mar que será apresentado nesta quarta-feira, 30 de setembro, a representantes da sociedade santista. As informações são resultado de uma pesquisa matemática, que durante meses, colheu informações específicas de Santos por meio de marégrafos e também mapeamento aéreo.

Segundo a previsão dos cientistas, a estimativa é de que a elevação média do nível dos oceanos, em todo o mundo, varie de 28 a 89 cm até 2100. A expectativa para Santos é de 18 cm até 2050, avaliam os especialistas. Depois de apresentar os resultados nesta quarta-feira, no fim do ano, um novo seminário será realizado para ouvir a população sobre os preparativos da cidade.
Bairros mais afetados

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo desta quarta-feira, 30 de setembro, a geógrafa Célia Souza, do instituto de Geologia de São Paulo, destaca que as regiões da Ponta da Praia, além da zona Noroeste de Santos, que compreende a região portuária, serão as mais afetadas pela elevação do nível do mar.

Aquecimento Global

Entre os motivos para o constante aumento do nível do mar, segundo Célia, está ligado diretamente ao aquecimento global, motivado pela emissão de gases-estufa, como o CO2, em todo o mundo. Em 2010, 14 eventos de mar forte e alto na costa santista foram registrados para surpresa dos pesquisadores.

Efeito mundial: Veneza, Londres e Roterdã também correm risco

De acordo com um levantamento da ONG CO+Life, que levou em conta o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, diversos pontos do mapa mundial estão sujeitos à elevação da média do nível do mar ainda neste século. Regiões inteiras podem ser inundadas caso ocorra uma elevação brusca, sendo alguns deles com mais de 80% do território abaixo do mar.

Confira alguns países que podem ser afetados, segundo reportagem da revista National Geographic:

Londres, Inglaterra
Londres, Inglaterra
Roterdam, Holanda
Roterdam, Holanda
Tuvalu,  pequeno conjunto de nove ilhas localizado no oceano pacífico, entre a Austrália e o Havaí
Tuvalu, pequeno conjunto de nove ilhas localizado no oceano pacífico, entre a Austrália e o Havaí
Veneza, Itália
Veneza, Itália
Bangkok, Tailândia
Bangkok, Tailândia

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …