Agência envia nota sobre anúncio de Aspirina que causou repúdio

Por: Redação

A nova campanha da Aspirina, da Bayer, está recebendo milhares de críticas nas redes sociais. E não é para menos.

A peça foi acusada de machismo ao explorar frases como “calma amor, não estou filmando isso”, com a ideia de que tomar uma aspirina ajuda a “resolver” o incômodo de ter fotos e vídeos íntimos compartilhados. Confira:

 
 

A campanha foi criada pela agência AlmapBBDO, para o medicamento e sua versão com cafeína, CafiAspirina. Em nota, a agência declarou que lamenta o episódio e informa que solicitou a retirada de todas as peças feitas para a Bayer. Confira:

“A AlmapBBDO lamenta que o anúncio de Aspirina, do nosso cliente Bayer, tenha causado constrangimentos e esclarece que não houve a intenção de tratar com indiferença abusos de qualquer natureza. Repudiamos a prática de filmagem não consensual e qualquer espécie de violência ou invasão de privacidade. Ficaremos atentos para evitar o problema no futuro. Por essa razão, já entramos em contato com a direção do Festival e solicitamos a retirada imediata das peças.”

Confira os comentários sobre a campanha nas redes sociais:

Compartilhe: