ONGs e projetos LGBTs para você ajudar (e conhecer) em sua cidade

Confira iniciativas do norte ao sul do país que lutam incansavelmente contra a homofobia e a transfobia

Por: Redação | Comunicar erro
Mães Pela Diversidade na Parada LGBT de São Paulo em 2016

Nesta quarta-feira, 17 de maio, data em que se celebra o Dia Internacional Contra a Homofobia, o Catraca Livre reuniu iniciativas de nove cidades brasileiras cujo intuito é conscientizar e batalhar pelos direitos LGBT no país.

De cursos e oficinas a espaços de acolhimento, conheça (e ajude!) ONGs e instituições que, dia após dia, lutam por seus direitos e pela igualdade:

Belo Horizonte (MG)

Alunas e alunos do curso de espanhol da TransVest

Projeto artístico-pedagógico que objetiva combater a transfobia e incluir travestis, transexuais e transgêneros na sociedade. Conta com um espaço educativo em que ocorrem gratuitamente palestras sobre as culturas LGBT, oficinas artísticas, cursinho pré-vestibular, curso de Libras e curso de línguas para a população trans da capital mineira.

Brasília (DF)

A criação de um Centro Cultural LGBT em Brasília é um projeto do Instituto Cultura Arte Memória LGBT, com previsão de inauguração em setembro de 2017.

Já pensou como seria se a população LGBT brasileira pudesse contar com um centro que valorizasse sua cultura, arte e iniciativas? Faça sua colaboração clicando aqui.

Curitiba (PR)

Grupo também é atuante no cenário nacional

Fundado em 1992, o Grupo Dignidade é pioneiro no estado do Paraná na área da promoção da cidadania LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

As principais áreas da atuação são a defesa e a promoção dos direitos humanos dos LGBT, bem como a promoção de sua saúde, com ênfase na prevenção da Aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Florianópolis (SC)

ONG que atua desde 1993 no sentido da garantia de direitos, da promoção de saúde e da discussão no campo dos direitos humanos e das políticas LGBT.

Faz atendimento gratuito a pessoas vítimas de violência e familiares, e promove atividades como roda de conversa com familiares de pessoas LGBT e oficina de quadrinhos e fanzine.

Porto Alegre (RS)

ONG fundada em Porto Alegre em 1991. Atua nas áreas de intervenção comportamental, cultura, informação, educação e comunicação, tendo como objetivo lutar pelos direitos civis, políticos e sociais da população LGBT.

Fundada em 1999, a ONG atua dentro do Presídio Central de Porto Alegre (PCPA) junto às travestis em cumprimento de pena em regime fechado.

Como medida protetiva às travestis, a ONG também ajudou a criar a “Terceira do H”, uma ala no presídio destinada exclusivamente às travestis. O presídio passou a contar com a colaboração de uma equipe técnica interdisciplinar composta por profissionais de psicologia, serviço social, direito, educação e saúde.

Grupo atua desde 2001 realizando ações transdisciplinares, tendo como base os direitos humanos, com ênfase em direitos sexuais e direitos reprodutivos, a partir da articulação das áreas de educação, saúde, comunicação e arte. Fundado por militantes advindos das áreas de luta contra a Aids e do movimento LGBT.

Recife (PE)

Instituto promoveu o debate “O que querem os homens Trans?”

O Instituto Boa Vista é uma ONG que criou uma rede solidária de cultura em Pernambuco. Sua principal estratégia é promover a criação de cursos de aprendizagem e capacitação na área de artes plásticas, artes cênicas, dança, música e esportes, além de uma feira cultural de moda, arte e gastronomia no bairro da Boa Vista, no centro do Recife.

Surgiu com o Clube Metrópole como expressão de um compromisso social diante da necessidade de fornecer à comunidade LGBT um amplo apoio e orientação às dificuldades encontradas no âmbito social, familiar e profissional, em razão da orientação sexual do indivíduo.

Rio de Janeiro (RJ)

Endereço também oferece aulas de costura, libras e ioga

Espaço de acolhimento para pessoas LGBT em situação de vulnerabilidade social. Abriga projetos como FotografaNem (curso de fotografia) e PreparaNem (cursinho pré-Enem).

ONG referência no combate à discriminação e na promoção de valores de respeito à diversidade humana. Grupo tem como missão promover qualidade de vida, direitos humanos e cidadania ao público de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Salvador (BA)

Fundada em 1980, é uma associação de defesa dos direitos humanos dos homossexuais no Brasil. O Grupo Gay da Bahia (GGB) é uma entidade guarda-chuva que oferece espaço para outras entidades da sociedade civil que trabalham em áreas similares especialmente no combate a homofobia e prevenção do HIV e aids entre a comunidade e a população geral.

São Paulo (SP)

Aberto no dia 25 de janeiro, dia do aniversário de São Paulo, a Casa é uma república de acolhimento de LGBTs expulsos de casa.

É também um centro cultural composto de salão de exposição, sala de cursos, palestras e workshops e uma biblioteca aberta ao público.

A associação promove atualmente a “Parada do Orgulho LGBT” de São Paulo, bem como outros eventos políticos que acontecem durante o ano ou mesmo próximo à Parada.

Nacional

Mães Pela Diversidade na Parada LGBT de São Paulo em 2016

Atuante em 17 Estados, é um coletivo composto por mães e pais de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Foi fundado em Pernambuco em 2016.

O movimento atua em todo o país fazendo atendimento on-line, por telefone e presencial com pessoas LGBT. Conta com uma equipe voluntária de psicólogos, analistas que atuam na área comportamental e advogados.

Fundada em 1995, a associação criou uma rede nacional para levar as reivindicações LGBT até o governo federal e à sociedade como um todo.

O site da associação, aliás, tem uma lista bem bacana de associações, grupos e entidades LGBT por todo o Brasil, incluindo cidades menores como Joinville (SC), Ribeirão Preto (SP) e Itaúna (MG). Confira a lista completa aqui.

Compartilhe:

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …