ONU denunciará Brasil por impunidade de violência policial; 8 em cada 10 brasileiros temem tortura

No Brasil, todos os dias, seis pessoas morrem em ocorrências policiais

Por: Redação | Comunicar erro

Nesta terça-feira, 8, a Organização das Nações Unidas (ONU) denunciará a impunidade “naturalizada” diante dos crimes cometidos pela polícia e por agentes de segurança no Brasil.

O informe, apresentado ao Conselho de Direitos Humanos pelo relator Juan Mendez, destacará que os homicídios de autoria de forças de ordem são “ocorrências regulares”. Sobretudo, pelos recorrentes casos de chacinas, supostamente, envolvendo policiais militares em diferentes regiões do país.

Reprodução
Todos os dias, seis pessoas são mortas em operações policiais no Brasil

“Os casos de agentes de segurança que cometem abusos contra prisioneiros ou detidos não são investigados de maneira significativa e tais autores raramente são levados à Justiça (…) Nenhum mecanismo independente de investigação existe para impedir que esses casos sejam arquivados”, refere-se às aos governos estaduais, responsáveis pelas corporações militares.

Na entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o relator reforça a impunidade em casos que envolvem policiais militares. “Contribui para o aumento dos crimes violentos”. E ainda questionou um dos argumentos mais comuns nos boletins policiais, referindo-se à reação de suspeitos que já sabem que serão torturados. “A espiral da violência criminal é exacerbada pela impunidade que prevalece.”

Seis pessoas morrem por dia em operações policiais

Mendez deixa claro que os casos de crimes cometidos pela polícia não são pontuais, mas sim “regulares”. Usando dados nacionais, a ONU indica que, em média, seis pessoas morreram por dia no Brasil em 2013 em operações policiais. “Na vasta maioria dos casos de uso excessivo de força, a polícia indica resistência à prisão seguida por morte, o que evita levar os autores diante de uma corte”, diz.

De acordo com a ONU, em 220 investigações, somente uma delas resultou em condenação. Por isso a organização pede o fim da classificação de “autos de resistência”. Confira a matéria na íntegra.

Compartilhe:

1 / 8
1
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
2
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
3
04:17
32% acreditam que câncer é causado por traumas, diz pesquisa
O jornal Folha de S. Paulo divulgou uma pesquisa feita pelo Instituto Oncoguia que revela uma situação preocupante: 32% dos …
4
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
5
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
6
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …
7
02:29
Vídeo analisa a maior irresponsabilidade na vida de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro mandou desativar os radares de rodovias federais. Será que é uma boa ideia? A Folha de São …
8
05:43
Entenda a proposta de Bolsonaro para a educação domiciliar
O presidente Jair Bolsonaro assinou o projeto de lei que pretende regulamentar a educação domiciliar no país. Se aprovada pelo …