Últimas notícias:

Loading...

Padre é afastado por ‘comportamento moral impróprio e escandaloso’

Supostas mensagens picantes trocadas entre o sacerdote e um homem casado teriam motivado a afastamento

Por: Redação

A Diocese de Divinópolis (MG) afastou um padre por “comportamento moral impróprio e escandaloso a um clérigo”.  O decreto administrativo, publicado nesta quinta-feira, 19, não especifica qual foi a ação cometida pelo religioso que configurou tal comportamento.

Porém, especula-se que o afastamento do padre Cléver Geraldo de Sousa, vigário na cidade de Pitangui, na região de Divinópolis, foi causando pela troca de mensagens picantes entre o sacerdote e um homem casado da cidade. As supostas conversas viralizaram nas redes sociais.

Crédito: Divulgação/Diocese de DivinópolisPadre Cléver Geraldo de Sousa, que foi afastado pela Diocese de Divinópolis por conduta considerada imprópria

O padre  está impedido de celebrar a eucaristia, inclusive no privado. Além disso, o sacerdote não poderá exercer quaisquer outros atos ministeriais, tais como batizar ouvir confissões e ungir os enfermos, com exceção dos casos em perigo de morte.

Crédito: ReproduçãoTrecho da conversa pelo WhatsApp atribuída ao sacerdote

No decreto, o bispo de Divinópolis, dom José Carlos, classifica as sanções como “penas medicinais”, “na expectativa de que a verdade venha à tona e que o padre possa ser readmitido ao exercício do ministério, podendo essas penas serem retiradas e, tão só expressamente, assim que as acusações forem devidamente apuradas”.

Em fevereiro de 2017, o G1 noticiou que este mesmo padre foi alvo de uma polêmica na cidade, após ter sido encontrado ferido dentro do quarto de um motel em Divinópolis.

Compartilhe: